Outras Notícias

Veja os Comentários


06/09/2009-18:08:37
PENA AMADOR
 

Texto: Chico Padilha

Ítalo Ferreira imbatível do Pena Surf em Baia Formosa

Lucro total para os potiguares Ítalo Ferreira, de inéditas três vitórias no Pena Surf em Baia Formosa, RN , e André Fagundes, que passou a liderar na Open ao ser vice de Ítalo, nesta que foi *a quarta etapa* de cinco do regional de surf amador a ser encerrado em São Luís, Maranhão.

De apenas quinze anos, Ítalo venceu pela terceira vez consecutiva a Mirim e Júnior, de limites em dezesseis e dezoito anos respectivamente, de quebra ainda se arriscou na categoria sem limite de idade (Open) onde usou todo seu conhecimento nas ondas do Pontal de Baia Formosa, para vencer de virada essa divisão amador na qual fez dobradinha em três fases com André Fagundes, natalense que reassumiu a liderança com terceira final em quatro etapas, primeira delas por ele vencida antes de cair a terceiro nas vitórias seguintes d os cearenses Valderi Silva, no Piauí, e Arthur Silva, na etapa paraibana do Pena Surf Nordeste.

Além de André outros atletas assumiram liderança em ondas potiguares, e um deles foi justamente o recordista de vitória e médias em casa: Ítalo Ferreira que, antes de realizar o descarte da ausência na abertura, já lidera a Júnior, tendo na Mirim os mesmos 3000 pontos, sendo que nela o cearense Thomas Demétrio, terceiro ontem, permanece na ponta, ameaçada quando ele trocar pontos nas ondas maranhenses e o formosense Ítalo somar aos pontos que conseguir em São Luís.

Outros potiguares a vencer ontem no Pontal de Baia Formosa foram Dedé Cabral, primeiro entre veteranos, Emanoel de Sousa na Sênior, enquanto no Longboard (pranchão) e Iniciantes (Sub-14) venceram os pernambucanos Reginaldo Nascimento e Gabriel Farias, na Máster e Feminino deu Ceará com Sergio Ricardo e Naiara Silva, ambos reassumindo liderança.

Na Iniciantes, o melhor da temporada é por antecipação Johne Fran, de Paracuru, Ceará, enquanto no Longboard o paraibano Johnson Jacques somou a três vitórias um vice título no feriado de sete de setembro,resultados que lhe tornaram inalcançável por adversários como o pernambucano Reginho, que carimbou seu título em grande estilo, aplicando uma vantagem no surf que nem uma nota dez reverteria, a chamada "combination" equivalente à goleada no futebol, com a larga diferença não impedindo à conquista para qual bastaria o terceiro lugar no feriadão sobre pranchão, mas não foi só Reginho a conseguir vitória tão expressiva pois Ítalo, o formosense a vencer, também conseguiu margem ampla, e justamente na categoria que passou a liderar, acada vez mais importante Júnior.

 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS