Outras Notícias

Veja os Comentários


28/09/2009-09:37:10
Universitário
 

Texto: Chico Padilha
Foto: Rodrigo Mesquita

Brasileiro de Surf Universitário
André Fagundes leva a melhor em Ponta Negra


Após ser vice campeão, em 2007 e 2008, o surfista potiguar concluinte de Engenharia Civil André Fagundes pode relaxar, pelo menos até a segunda etapa do Brasileiro de Surf Universitário, cuja abertura venceu neste domingo com média recorde nas ondas de Ponta Negra, Natal, Rio Grande do Norte, onde treina em meio a outras atribuições, a mais exigente delas a conclusão do curso.

André garantiu a maior nota da prova, mais de oito pontos, e a seguir somou exatos sete pontos e meio, o que lhe aproximou de dezesseis pontos na média final, ameaçada pelo baiano Flávio Galini, vice na largada.

Mas a Bahia também foi campeã, na Open Universitária,venceu Renata Tambom, cuja média ( 9,75 ponto) tinha uma onda nota sete, decisiva para o desempate frente a Ana Ceccareli, do Paraná, vizinho à Santa Catarina par onde a Associação brasileira de Surf Universitária vai levar sua segunda de três etapas.

Em outras disputas, a da Master Degree (Formados) faturou Phelipe Maia, do Ceará, e na Iniciantes Universitários, o potiguar Ruben Oliveira,,sendo o vice entre graduados o paraibano Paulo Germano e entre Iniciantes o cearense Cássio George.


André reconheceu que, sendo a etapa inaugural em casa, se sentia pressionado a vencer na largada e assim buscar superar consecutivos dois vices nas edições de etapa única anteriores do Brasileiro de Surf Universitário, quanto então os vencedores foram o paulista Vinícius Batista e ano passado faturou, novamente no Ceará, o atleta da casa Gutembergue Silva, terceiro em Natal, seguido pelo conterrâneo Glauciano Rodrigues, nomes confirmados para "correr atrás" do circuito, formato que o líder André Fagundes acha mais justo, "continuo achando ser ideal que o campeão saia de um circuito, aqui levei vantagem, vou ao sul mais tranqüilo e os cearenses terão a seu favor a decisão ser em casa" afirmou o potiguar que já foi profissional e optou pelo Surf Universitário buscando conciliar eventos amadores com a dedicação ao difícil curso, a se encerrar junto com o 2009 em que pode, na última chance, passar de primeiro líder neste fim de semana a campeão da categoria após três etapas.

Na Open feminino, a vitória de Renata Tambom, que sendo Júnior foi ao Panamericano 2007, deixa a musa baiana com chances a um outro Pan de Surf, desta vez o inédito Universitário que em dezembro terá no Ceará casal campeão Abrasu na representação do Brasil, o que também buscará a vice Ana Ceccareli, a cearense Rafaela Bahia e a quarta Rúzia Padilha, que ao encarar disputas neste ano foi a melhor potiguar desde o Nordestino Universitário melhor do que a atual campeã brasileira de surf universitário Gabriela Silveira, também de Natal.

Rúzia concluinte de Educação Física, quer prestigiar à próxima etapa: " Vou tentar apoio da UFRN para ir à Santa Catarina", afirmou ela, que a exemplo do campeão André já estagia rumo a formatura no final do ano.

O evento encerrou-se com mais uma vitória potiguar e de terceiro grau, desta vez na primeira de três seletivas do "Concurso Universitária Brasil" que foi faturado por uma estudante de apenas dezenove anos que sai na frente por passagem premia a Fernando de Noronha, enquanto os campeões no surf ganharam pranchas brindes e troféus e terá premiação final ainda maior, o campeão 2009 fatura viagem à Austrália, a campeã ao Peru, enquanto o vice da temporada Open masculino vai ao México.


Resultados:

Iniciante
1º Ruben Oliveira RN 8.30
2º Cássio George CE7.45
3º Rafael Cabral RN6.95
4º Alex Trigueiro RN6.50

Feminina
1º Renata Tambon BA 9.75
2º Ana Ceccarelli PR 9.75
3º Rhafaela Bahia CE 7.55
4º Rúzia Padilha RN 6.85

Máster Degree
1º Phelipe Maia CE13.40
2º Paulo Germano PB 9.15
3º Glauco Eduardo RN 8.20
4º Odilon Ribeiro RN6.45

Open
1º André Fagundes RN15.75
2º Flávio Galini BA 13.25
3º Gutembergue Silva CE 12.75
4º Glauciano Rodrigues CE 12.20
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS