Outras Notícias

Veja os Comentários


12/02/2010-17:09:20
Pena Pro Noronha
 

Bino Lopes faz a festa na Cacimba

Numa final contagiante com ondas de até 6 pés o baiano local da Praia do Forte Bernardo Lopes vence a etapa inaugural do Tour Nordestino 2010, o Pena Pro Noronha. O catarinense Jean da Silva é vice.

Semifinal



Dois baianos, um potiguar e catarinense se enfrentaram na primeira semifinal. Melhor para Bino Lopes (BA) que surfou com estilo e liderou toda a bateria, para vencer e avançar para a grande final Bino somou 8.33 e 6.17. “Estou muito feliz, gosto muito deste lugar aqui, sou apaixonado por Fernando de Noronha. Eu corri o WQS, mas não me saí muito bem, passei apenas uma fase, e agora eu fui indo, fui indo e consegui fazer o surf necessário para chegar nesta grande final, e agora vou cair nesta bateria amarradão, seja o que Deus quiser”, disse Bernardo Lopes.


Com a primeira colocação definida a briga foi pela segunda vaga, Jean da Silva (SC) e o potiguar Danilo Costa (RN) disputaram onda a onda, o catarinense encontrou as melhores e somou 7 e 5.50 para garantir a segunda colocação na bateria e vaga na grande final deixando Danilo Costa que também pegou boas ondas com a terceira colocação e o baiano Rudá Carvalho com a quarta. Jean da Silva declara, “Está sendo incrível, tem onda até demais no campeonato, Fernando de Noronha é um palco. Vim para cá pela primeira vez com 17 anos e gosto muito desta onda, vou cair na final muito instigado”.


Já na segunda semi o paulista e atual vice-campeão mundial pro junior na França em 2009 Caio Ibelli de apenas 16 anos, fez duas boas ondas logo no início da bateria que rendeu média 9.47 e liderou a disputa, “Quero entrar nessa final com tudo para tentar conseguir o titulo do campeonato”, diz o jovem Caio.

O pernambucano local da Baía de Maracaípe, que atualmente mora nos Estados Unidos, Bruno Rodrigues e o cearense Messias Félix disputaram a segunda colocação. Bruno foi melhor somando 3.70 e 5.67, já Messias que precisava de 5,21 não conseguiu achar a onda que lhe proporcionasse o escore necessário para virar, ficando com a terceira colocação. O cometa pernambucano Halley Batista não se encontrou na bateria e ficou com a quarta colocação e fora da grande final.



Bruno Santos (RJ) que foi destaque na Cacimba surfando muito durante todo o evento perdeu nas quartas de final, porém, ontem 10/02 com um tubo alucinante, foi o grande vencedor do Pena Big Wednesday na categoria melhor performance faturando 3 mil reais, e para completar o show ainda tirou mais um tubo, sendo este nota 10, que lhe rendeu mais 2 mil pelo prêmio de melhor tubo do evento.

O carioca ficou na quarta colocação na terceira bateria das quartas que foi disputada com Caio Ibelli, primeiro colocado, Bruno Rodrigues, segundo, e Denis Tihara, terceiro na briga. “Aqui tudo é diferente, Noronha é alucinante, A pena teve uma excelente idéia em promover este campeonato e também a premiação extra, o evento foi um sucesso, estou muito feliz. Parabéns ao Pena e a todo mundo que participou da competição”, comentou Bruno Santos.



Já na categoria maior onda do Pena Big Wednesday o paulista Saulo Junior, que também foi barrado nas quartas, levou a melhor. “Valeu a pena, eu estava amarradão dentro do mar, foi uma competição diferente, altas ondas em Noronha, a Pena está de parabéns pela iniciativa e eu estou muito feliz por faturar esta premiação extra”, declara Saulo.

Danilo Costa e Bino Lopes somaram 14.50 e dividiram os 3 mil oferecidos ao atleta que conseguissem a maior média no evento.

Final

Bernardo Lopes estava realmente instigado e disposto a levar o título para casa. Bino entrou com pé direito no Circuito Nordestino de Surf Profissional 2010 abrindo a bateria com um high score, uma onda perfeita que ele soube aproveitar muito bem arrancando 8.33 dos juízes. Em sua segunda melhor o baiano cravou 5.40 para somar 13.73 e sagrar-se campeão. Com este resultado Bino engorda em 8 mil reais sua conta bancária.

“Gostaria antes de qualquer coisa parabenizar a Pena e a toda organização, o evento foi show e está de parabéns. Para mim é uma honra vencer um evento destes com tantos atletas de nome internacional, estou realmente muito feliz, amarradão”, diz o campeão.


Jean da Silva, vice-campeão, não vendeu barato a derrota e disputou com Bino até o final da bateria, mas devido a forte marcação não conseguiu achar a onda que lhe permitisse a virada. Caio Ibeli e Bruno Rodrigues que surfaram as boas durante todo o evento ficaram com a terceira e quarta colocação, respectivamente.


Geraldo Cavalcanti, Presidente da Associação Nordestina de Surf declara, “A Pena está de parabéns por patrocinar o circuito nordestino e pela excelente marca que é. Este ano a Pena fechou mais duas etapas, uma em Itacaré (BA) e a outra em Várzea do Una (PE). O Tour também passa por Baía Formosa sempre alto Astral, Sergipe, Maracaípe, Vamos passar pelos melhores picos de onda. Temos sempre algo para melhorar, mas estamos indo no caminho certo. Temos uma excelente comissão técnica, o Lapo Coutinho, diretor técnico o mais experiente no Brasil e no mundo. Sendo assim estamos crescendo mais e mais e tentando chegar a na primeira divisão do surf brasileiro”.

Esta etapa distribuiu 30 mil de premiação no evento principal, 750 pontos para o Brasil Tour, 2000 pontos para o ranking regional, premiação extra de 2 mil para o melhor tubo, 3 mil para a maior média e nesta quarta-feira no evento Pena Big Wednesday o patrocinador do evento, a Pena, distribuiu ainda 3 mil para melhor performance e 5 mil para a maior onda surfada. Totalizando uma premiação de 43 mil reais.

O Pena Pro Noronha tem patrocínio da Pena, Governo do Estado de Pernambuco, Secretaria de Turismo, Projeto Tamar. Empetur, Qualygraf, Haco, Eberle, Matesa, Haco, Matesa, Malhas Caiman, Filati, Starboard, Menegotti Divulgação Waves, ESPN, cearasurf.com.br, surfbahia.com.br, surfguru.com.br, ondulação.com.br, Woohoo e revista Wave Wind. Realização ANS, ABRASP E ASFN.


Resultados do evento principal

1 – Bernardo Lopes (BA) – 13,73.
2 - Jean da Silva (SC) – 11.84
3 – Caio Ibeli (SP) – 7.00
4 – Bruno Rodrigues (PE) – 5.93

Premiação Extra

Maior Onda – Saulo Júnior (SP)

Melhor Performance – Bruno Santos (RJ)

Maior Média - Bino Lopes (BA) e Danilo Costa (RN)

Melhor Tubo – Bruno Santos (RJ)




Por: Jocildo Andrade
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS