Outras Notícias

Veja os Comentários


11/04/2010-20:06:46
Brasil Surf Pro #1
 

Texto: João Carvalho
Fotos: Aleko

A ubatubense Suelen Naraisa festejou a quarta vitória em casa e o carioca Leonardo Neves honrou o convite recebido dos organizadores com o título do primeiro Brasil Surf Pro da história em Ubatuba. Na final masculina, Léo Neves derrotou o cearense Márcio Farney, que também foi vice-campeão em 2009 na Praia de Itamambuca. Já a decisão feminina foi disputada por quatro surfistas e a campeã brasileira Suelen Naraisa superou a defensora do título da etapa de Ubatuba, a catarinense Juliana Quint, com a carioca Gabriela Teixeira ficando em terceiro lugar e a paraibana Diana Cristina em quarto. O paulista Heitor Pereira e o potiguar Alan Jones dividiram o terceiro lugar no pódio masculino. O próximo desafio na corrida pelos títulos brasileiros da temporada no Brasil Surf Pro 2010 será na Praia do Cupe, em Porto de Galinhas, no município de Ipojuca, de 14 a 18 de julho no litoral sul de Pernambuco.

“Primeiro tenho que agradecer a organização do Brasil Surf Pro por ter me dado convite pra competir aqui e eu vim pra cá pra isso, pra disputar o ranking e tentar meu terceiro título brasileiro”, disse Léo, que foi o campeão das temporadas 2002 e 2003. “No ano passado eu sofri, não corri nenhuma etapa e já voltar assim, como uma vitória, foi excelente. O mar foi difícil a semana inteira. Hoje tive que disputar quatro baterias, já estava cansado e tinha que arriscar as manobras, então dei tudo de mim nestas duas últimas ondas. A vitória foi por pouco, mas acho que foi merecida pelo que fiz no campeonato”.

Não entraram muitas ondas boas nas baterias decisivas do Brasil Surf Pro, nas séries de 3-5 pés de altura do domingo decisivo na Praia de Itamambuca. Márcio Farney liderou quase toda a final masculina com a nota 6,73 da sua terceira apresentação, que foi a maior da bateria. Já Léo Neves mostrou toda a sua experiência para virar o placar nos minutos finais, quando conseguiu notas 5,60 e 5,87 seguidas. O resultado final ficou em 11,47 x 10,56 pontos e Léo faturou os 25.000 reais da vitória, enquanto Farney ganhou 12.000 reais da primeira parcela da premiação recorde de 1 milhão de reais que será distribuída nas cinco etapas da nova Divisão Principal do Brasileiro, organizada pela Brasil1 Esporte.


Para chegar na final, Léo Neves começou o domingo derrotando o vice-campeão brasileiro Jano Belo, depois passou pelo ubatubense Hizunomê Bettero e pela surpresa da etapa de abertura do Brasil Surf Pro, o potiguar Alan Jones, na semifinal. O vice-campeão Márcio Farney tirou os dois últimos paulistas do evento, Flávio Nakagima nas quartas-de-final e Heitor Pereira na semifinal. Ele comentou sobre a final contra o carioca Leonardo Neves, ficando feliz com o segundo vice-campeonato em Ubatuba.



Outros grandes destaques desta etapa que inaugurou o Brasil Surf Pro 2010, numa semana de mar “storm” em Ubatuba, foram o paulista Heitor Pereira e o potiguar Alan Jones, que é um dos estreantes na divisão de elite do surfe nacional. “Acho que comecei bem com um terceiro lugar. É a primeira vez que participo da elite do Brasil e o Léo Neves surfou muito na minha bateria”, concordou Alan. “Estou amarradão por chegar no pódio. O Léo é muito experiente, tava focado na bateria e eu não achei as ondas, mas o terceiro lugar também é um bom resultado para quem está estreando na elite como eu”.

Heitor Pereira também gostou do seu desempenho em Itamambuca. “Queria ter ido pra final, mas com certeza esse resultado me dá um estímulo a mais pra brigar pelo titulo brasileiro. Começar o ano entre os tops do ranking é muito importante e eu nunca tinha conseguido chegar numa semifinal do Circuito Brasileiro”, disse Heitor Pereira, o paulista mais bem colocado na etapa de abertura do Brasil Surf Pro 2010 em Ubatuba. “Pena que quebrei a prancha ao meio na bateria, mas foi show o campeonato”.

A Brasil1 Esporte é a nova organizadora da Divisão Principal, junto com a Associação Brasileira de Surf Profissional, com a Petrobras e a marca Hawaiian Dreams, HD, sendo os principais patrocinadores do Brasil Surf Pro 2010, o circuito nacional mais rico do mundo que vai distribuir uma premiação recorde de 1 milhão de reais, com divulgação pelos canais SPORTV e Multishow e apoio da Revista Época e da Editora Globo. As cinco etapas da temporada são transmitidas ao vivo pelo www.brasilsurfpro.com.br e esta primeira também contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Ubatuba, Federação Paulista de Surf e da Associação Ubatuba de Surf (AUS).

FINAL MASCULINA: 11,47 x 10,56 pontos:
Campeão: Leonardo Neves (RJ) com notas 5,87 e 5,60 - R$ 25.000 e 1.000 pontos
Vice-campeão: Márcio Farney (CE) com notas 6,73 e 3,83 - R$ 12.000 e 860 pontos

SEMIFINAIS: 3.o lugar - R$ 7.000 e 730 pontos:
1.a: Márcio Farney (CE) 11.46 x 11.23 Heitor Pereira (SP)
2.a: Leonardo Neves (RJ) 14.70 x 8.17 Alan Jones (RN)

QUARTAS-DE-FINAL: 5.o lugar - R$ 4.650 e 610 pontos:
1.a: Márcio Farney (CE) 8.93 x 4.30 Flávio Nakagima (SP)
2.a: Heitor Pereira (SP) 9.50 x 8.27 Pedro Henrique (RJ)
3.a: Leonardo Neves (RJ) 11.34 x 10.23 Hizunomê Bettero (SP)
4.a: Alan Jones (RN) 10.20 x 5.33 Odirlei Coutinho (SP)

FINAL FEMININA:
Campeã: Suelen Naraisa (SP) com 10.30 pontos - R$ 9.000 e 1.000 pontos
Vice-campeã: Juliana Quint (SC) com 7.50 pontos - R$ 4.500 e 860 pontos
3.a colocada: Gabriela Teixeira (RJ) com 6.70 pontos - R$ 4.000 e 730 pontos
4.a colocada: Diana Cristina (PB) com 5.10 pontos - R$ 3.000 e 670 pontos

SEMIFINAIS FEMININAS – 3.a=5.o lugar (R$ 2.275 e 610 pts) / 4.a=7.o ($ 2.075 e 555 pts):
1.a: 1-Suelen Naraisa (SP), 2-Diana Cristina (PB), 3-Jacqueline Silva (SC), 4-Nathalie Martins (PR)
2.a: 1-Juliana Quint (SC), 2-Gabriela Teixeira (RJ), 3-Cláudia Gonçalves (SP), 4-Camila Cássia (SP)

RANKING BRASILEIRO – BRASIL TOUR 2010 – 1.a etapa:
01- Leonardo Neves (RJ) – 1.000 pontos
02- Márcio Farney (CE) - 860
03- Heitor Pereira (SP) - 730
03- Alan Jones (RN) - 730
05- Pedro Henrique (RJ) - 610
05- Odirlei Coutinho (SP) - 610
05- Hizunomê Bettero (SP) - 610
05- Flávio Nakagima (SP) - 610
09- Jano Belo (PB) – 500
09- David do Carmo (SP) – 500
09- André Silva (CE) – 500
09- Rudá Carvalho (BA) – 500
09- Guga Arruda (SC) – 500
09- Leandro Bastos (RJ) – 500
09- Victor Ribas (RJ) – 500
09- Franklin Serpa (BA) – 500

RANKING FEMININO – BRASIL TOUR 2010 – 1.a etapa:
01- Suelen Naraisa (SP) – 1.000 pontos
02- Juliana Quint (SC) – 860
03- Gabriela Teixeira (RJ) - 730
04- Diana Cristina (PB) - 670
05- Cláudia Gonçalves (SP) - 610
05- Jacqueline Silva (SC) - 610
07- Nathalie Martins (PR) - 555
07- Camila Cássia (SP) – 555
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS