Outras Notícias

Veja os Comentários


14/10/2003-10:50:00
Super Trials
 

No ano passado, o guarujaense Adriano de Souza ainda usava o apelido Mineirinho quando se tornou o surfista mais jovem a vencer uma etapa do ABRASP Super Trials e neste domingo, com apenas 16 anos de idade, ele faturou seu segundo título ao se sagrar campeão do GOSURF RUSTY PRO nas boas ondas de meio metro de altura nos Molhes Leste de São José do Norte (RS). A nova geração comandou o show de surfe no último dia do campeonato de maior premiação da divisão de acesso do Circuito Brasileiro de Surfe Profissional. O catarinense Jean da Silva, 18 anos, conquistou o vice-campeonato, deixando o líder do ABRASP Super Trials 2003, Renato Galvão (SP), em terceiro lugar e o cearense radicado em Florianópolis (SC), Cristiano Guimarães, em quarto na grande final. Pela vitória, Adriano de Souza faturou 9.000 reais e 2.000 pontos que o levaram da décima para a segunda posição no ranking. Na bateria especial de aéreos, o carioca Pedro Henrique faturou os 1.000 reais oferecidos na X-Treme Radical Air Show e com uma nota 9,17 recebida ainda no sábado o ubatubense Odirlei Coutinho também ganhou 1.000 reais de prêmio da Backdoor Best Wave. O evento reuniu 128 surfistas de 10 estados do país e já está confirmado para ser reeditado no ano que vem nas cidades vizinhas de Rio Grande e São José do Norte, no extremo Sul do Rio Grande do Sul.

"Já conversei com os prefeitos das duas cidades, com a ABRASP também e estaremos de volta aqui no ano que vem, já que o evento foi um grande sucesso e agradou a todos que vieram até de muito longe para competir aqui", garantiu Márcio Ramos, presidente da Federação Gaúcha de Surf (FGS), que organizou o GOSURF RUSTY PRO junto com a X3 Marketing Esportivo.

Mas, sem dúvidas, o mais feliz de todos era o campeão Adriano de Souza. "Eu não estou nem acreditando. Acho que só vai cair a ficha quando eu chegar em casa. Vim para cá com o objetivo de ganhar esta etapa e graças à Deus eu consegui. Estou muito, muito feliz mesmo", disse logo após sair do mar. "É mais um lugar na minha que eu conheço, é mais uma vitória na minha carreira, sou muito novo ainda, é o meu primeiro ano como profissional e ganhar uma etapa desta de alto nível foi demais, estou muito feliz", completou.

O vice-campeão Jean da Silva também está em sua primeira temporada como surfista profissional e foi outro que vibrou bastante com o resultado no GOSURF RUSTY PRO. "Eu vim desde a primeira fase, foi muita viagem de barco para atravessar o canal nestes quatro dias, vim batalhando lá de baixo e estou amarradão, porque tive um começo de ano difícil, tive que operar o joelho e chegar na final já foi muito bom para mim", falou Jean, que embolsou 5.000 reais de prêmio e os seus primeiros 1.720 pontos no ranking.

Os dois grandes talentos da nova geração barraram o maior favorito ao título, o número 1 do ABRASP Super Trials 2003, Renato Galvão. "Não deu para vencer, mas o Adriano mereceu porque pegou duas ondas muito boas no início da bateria e ai não deu para alcançar ele", admitiu Galvão, que levou 3.500 reais e 1.460 pontos pelo terceiro lugar no GOSURF RUSTY PRO. "É mais um resultado importante nesta disputa pelo título do Super Trials e eu estou muito feliz em estar em mais um pódio aqui no Rio Grande do Sul", falou Renato, que já havia vencido a etapa do SuperSurf realizada em Torres.

Já na briga pelas 28 vagas que o ABRASP Super Trials indica para completar a elite nacional do SuperSurf no ano que vem, o resultado do GOSURF RUSTY PRO apresentou cinco novidades: Simão Romão (RJ), Diego Rosa (SC), Álvaro Bacana (MA), Flávio Tavares (SP) e Guilherme Ferreira (SC). O jovem Simão Romão foi até as semifinais e dividiu a sétima colocação na prova com o gaúcho Daison Pereira, enquanto o cearense André Silva e o carioca Yuri Sodré terminaram empatados em quinto lugar.

Com oferecimento das Prefeituras de Rio Grande e São José do Norte, o GOSURF RUSTY PRO contou com o patrocínio da Gosurf Boardriding Co., Rusty, Banrisul “O banco que une os gaúchos”, Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Governo Estadual do Rio Grande do Sul, Fundergs (Fundação do Governo Estadual), Heed Surf Kids e Quebra Mar Surf e Skate Shop, além do apoio da Backdoor Best Wave e Xtreme Radical Air Show. A cobertura oficial foi do site www.gosurf.com.br, Revistas Boards e X-Pression, Jornais Solto na Vala e Geração Agora e Adrenalimitz Surf Channell, com promoção exclusiva da Rádio Atlântida FM, numa realização da X3 Marketing Esportivo e Federação Gaúcha de Surf (FGS), com supervisão da ABRASP.

Ranking ABRASP Super Trials 30 primeiros - após 9 etapas

1o.- 6700 - Renato Galvão (SP)
2o.- 5930 - Adriano de Souza (SP)
3o.- 5600 - Heitor Alves (CE)
4o.- 5540 - Cristiano Guimarães (SP)
5o.- 5480 - Tadeu Pereira (SP)
6o.- 5375 - Crhistiano Spirro (BA)
7o.- 5260 - Odirlei Coutinho (SP)
8o.- 5040 - Flávio Costa (BA)
8o.- 5040 - Anselmo Correia (RJ)
10o.- 4555 - Raphael Becker (SC)
11o.- 4370 - Marco Polo (SC)
12o.- 4235 - Maicon Rosa (PR)
13o.- 4211 - Gilmar Silva (SP)
14o.- 3896 - Pedro Henrique (RJ)
15o.- 3840 - Jano Belo (PB)
16o.- 3730 - Alexandre Almeida (RJ)
17o.- 3710 - Daison Pereira (RS)
18o.- 3690 - Leandro Moulin (ES)
19o.- 3660 - Bruno Moreira (SP)
20o.- 3655 - André Silva (CE)
21o.- 3646 - Hizunomê Bettero (SP)
22o.- 3550 - Yuri Sodré (RJ)
23o.- 3548 - Fábio Silva (CE)
24o.- 3540 - Alessandro Puga (PR)
25o.- 3380 - Jair de Oliveira (SP)
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS