Outras Notícias

Veja os Comentários


28/07/2010-13:50:12
Billabong Brasileiro
 

Texto: Chico Padilha

CBS estréia na Paraíba próximo dia 13






A arena do Mar do Macaco, Intermares, Cabedelo, Paraíba, é o palco, entre 13 e 15 de Agosto, da terceira das quatro etapas do Billabong Brasileiro de Surf 2010, circuito da Confederação Brasileira de Surf (CBS) aberto na Bahia e sequenciado este mês no Espírito Santo, onde apenas a Mirim (Sub-16), com o paulista Deivid Silva, e a Open Feminina, com a cearense Estefany Freitas, repetiram vencedor.
Entre Iniciantes (Sub-14) e na Júnior (Sub-18) Feminina, a vitória do paraibano Elivelton Santos, e da capixaba Bárbara Segatto, os colocou na ponta.
O cearense Gutembergue Silva manteve a liderança Open sendo vice do capixaba e atual campeão brasileiro Krystian Kymmerson, enquanto na Júnior, vencida pelo potiguar Ítalo Ferreira, o paulista Filipe Toledo emendou com quarto lugar o troféu de primeiro e lidera à busca de fechar a primeira década do novo milênio se credenciando a ir com título júnior no quarteto Open (de qualquer idade) do selecionado brazuca aos Jogos Mundiais de Surf da International Surfing Association(ISA), o Billabong ISA World Júnior Surfing Games, confirmado para outubro no Peru onde também a próxima dupla campeã Open masculino e feminino da CBS estará pelo Brasil.
Mirando Mundial Júnior 2011

O Billabong Brasileiro de Surf, já confirmado em 2011, terá peso para a CBS definir seleção ao ISA Mundial de Surf Júnior no Peru, já em abril do ano que vem, podendo inclusive o ranking 2010 compor a fórmula que definirá vaga combinada a possíveis duas etapas da próxima temporada.
Atletas ainda Mirins ou Juniores ano que vem, terão assim mais um motivo para prosseguirem ou iniciarem participação no Billabong Brasileiro entre 13 e 15 de Agosto de estréia da Paraíba como anfitriã na CBS, e já no ano em que a Billabong se tornou patrocinadora não só do circuito de seleções do Brasil, mas também da etapa sulamericana do World Tour, vencida pelo potiguar Jadson André, na mesma Santa Catarina que sedia à etapa final da Confederação quando então se descartará o mais fraco de quatro resultados nas seis categorias, Open e Júnior, ambas com Masculino e Feminino, Mirim e Iniciante.

Motivação

Todos os surfistas que vão à Paraíba, pensam em títulos e bem representar seu estado, além de buscarem ser o Brasil em pelo menos um dos dois eventos mundiais de seleções que a ISA realizará no Peru.
Inspiração lá não faltará, pois foi a partir da Paraíba que Fábio Gouveia inaugurou a maior galeria de títulos internacionais de um surfista brasileiro ao conquistar em Porto Rico o título Open da ISA em 1988 e o Brasil faturar sua primeira medalha, de bronze.
Os então jovens atletas da chamada “Geração Porto Rico” permaneceriam envolvidos com o esporte e sua evolução, caso do paulista Zé Paulo, há oito anos gerente de surf da Billabong no Brasil.
A dupla Fabinho e Zé Paulo, havia sido campeão e vice Open brasileiro competindo a temporada 1987 em eventos sem entidade própria para a categoria, sem seleções estaduais, sem calendário pré-definido e com provas na maioria agregadas ao profissional.
Naquele último ano antes do circuito oficial das categorias então denominadas amadoras, muitos atletas mostraram uma incrível capacidade em superar dificuldades até maiores do que as hoje existentes para um surfista em início de carreira, em especial no Nordeste, região que volta a receber na central Paraíba etapa da CBS, se constituindo uma segunda oportunidade também para estados que ainda não estrearam, caso de Alagoas, ou não estiveram completos, a exemplo de Sergipe, ambos federados.

Custeio pela CBS

Em 1987, ao vencer evento exclusivamente amador no Ceará, Fábio Gouveia recebeu de Odalto Castro passagens ao mesmo Peru para onde irão o próximo campeão da Júnior e das duas Open na seleção do Brasil com custeio da CBS, rumo a que será a segunda edição dos Jogos Mundiais de Surf desde que, ano passado, tornou-se anual.
O Brasil, finalizado o seu Billabong, irá em busca de ser campeão no Jogos Mundiais da ISA já no primeiro ano de Adalvo Argolo a frente da Confederação, que ele inovou já a partir do produtivo simpósio na quinta-feira das etapas.
Produtivo e valioso, pois vale os primeiros dez pontos que nenhuma seleção quer perder e muito surfista almeja obter como nota nos três dias seguintes.

São Paulo líder

Sendo a única tetracampeã do novo milênio, Santa Catarina garantiu à Taça Roberto Valério, os catarinenses também são no ranking os mais próximos da atual bicampeã São Paulo, líder desde a largada em Salvador, Bahia, e que comemora a alternância de vices entre Santa Catarina e Espírito Santo nas primeiras duas etapas.
Na disputas em seis categorias, haverá um descarte entre os resultados, o que não existe no ranking das seleções, pois, a exemplo das equipes de esportes coletivos, não faltam surfistas talentosos em cada representação para eventuais substituições por justificadas ausências.
Quem quase precisou fazer substituição foi o Espírito Santo, seleção anfitriã recém vice campeã que só confirmou na quinta-feira ter o campeão brasileiro Open Krystian Kymmerson como titular na Barra do Jucú, em Vila Velha. “kimmi”, alcançou vitória Open e vice título Júnior enquanto a conterrânea Bárbara Segatto invertia tais colocações nas mesmas categorias, o que deu a ela ponta Júnior Feminina, categoria também existente no mesmo World Junior Surfing Championship ao qual o Brasil levará três quartetos e neles surfistas que dia 13 de agosto perfilam na cerimônia das bandeiras da terceira etapa do Billabong Brasileiro CBS no Mar do Macaco, Intermares, Cabedelo, onde a Paraíba hospitaleira bem receberá o Brasil.
O Billabong Brasileiro de Surf 2010 tem o patrocínio da Billabong, sendo realização da Confederação Brasileira de Surf (CBS), com a Federação Paraibana de Surf (PBSurf) sendo parceira na etapa apoiada pela Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (SEJEL-PB) do Governo da Paraíba, Prefeitura de Cabedelo/ Secretaria de Esporte e Turismo, Hotel e Flat Caju Intermares, Associação Guajirú e Restaurante Bar do Surfista, com transmissão pelo www.cbsurf.org.br.

 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS