Outras Notícias

Veja os Comentários


22/10/2003-19:26:13
Super Surf
 

Comprovando a fama de "Maracanã" do surfe, as ondas na praia de Itaúna já atingiam 1,5 metros no primeiro dia da etapa final do SuperSurf 2003, em Saquarema, Região dos Lagos (RJ).

Nesta quarta-feira, nenhum dos treze candidatos ao título brasileiro entrou na água e a grande atração foi o guarujaense Paulo Matos, primeiro campeão da história da ABRASP, na mesma praia de Itaúna, há 17 anos.

Ele não conseguiu se classificar, mas voltará a se apresentar em Saquarema na bateria especial que reunirá todos os integrantes da "Galeria dos Campeões Brasileiros".

"Achei muito legal esta iniciativa de chamarem todos os campeões brasileiros para prestar uma homenagem, porque tem essa galera mais nova que nunca viu a gente", destacou Paulo Matos, que no último dia 5 completou 40 anos de idade.

"Pena que na minha bateria não veio muita onda, mas estou feliz de estar revendo os amigos, voltando a competir junto com a elite nacional. Campeonato de surfe é assim mesmo, o nível é muito alto e agora vou me preparar para tentar vencer a bateria especial dos campeões brasileiros", disse Matos.

"Só tenho que agradecer a ABRASP e a Abril por estar aqui novamente sentindo este clima gostoso da competição. Essa homenagem deveria ter todos os anos, porque é muito difícil você conquistar um título brasileiro e tem muita gente que não conhece os que construíram tudo isso. Hoje, olhando de dentro d'água essa enorme estrutura, me enchi de orgulho. Quando eu venci o primeiro título brasileiro, aqui em Saquarema em 87, só tinha um pequeno palanque e nada mais. Agora, a gente vê grandes patrocinadores, como a Volkswagen e a TIM investindo no surfe, construindo este circo em cada etapa e tomara que eles continuem no esporte".

O vencedor da bateria foi o paraibano Otávio Lima, de uma geração mais jovem, mas que chegou a competir contra Paulo Matos anos atrás. "É muito bom o SuperSurf trazer um surfista do nível do Paulinho para um campeonato tão importante como esse e é um prazer ter ele aqui de volta ao nosso convívio", disse Lima.

No primeiro dia, foram realizadas as duas primeiras fases da categoria masculina e a primeira rodada feminina do SuperSurf 2003. A cearense Tita Tavares, que na etapa passada conquistou o título brasileiro da temporada por antecipação, venceu a primeira bateria com a novata Luana Prado classificando-se em segundo lugar.

A baixinha está ansiosa para receber a Parati Cross-Over da Volkswagen, prêmio que também está sendo oferecido para o campeão brasileiro masculino nesse ano.
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS