Outras Notícias

Veja os Comentários


11/01/2011-09:01:06
Paraibano
 

Texto: Chico Padilha


 "Rotator de Surf" no verão da Barra de Camaratuba

Prova da PBSurf na praia de Mataraca, dias 22 e 23, distribui rica premiação e pontos importantes no ranking

 

Paraíso com surfe, a praia mais ao norte do estado, Barra de Camaratuba, Mataraca, vai receber dias 22 e 23 próximos ao "Rotator de Surf", etapa do Paraibano de Surf Amador, evento com uma dezena de roupas e a maior premiação, oito pranchas, quatro blocos, cinquenta troféus e cinquenta kits de brindes para uma prova dessa categoria na bela Barra de Camaratuba, unanimidade entre os adeptos do esporte surfe, um dos que mais divulgam as belezas e as riquezas da Paraíba, entre as quais se incluem as do distrito praieiro pertencente a Mataraca.

Se atletas vencedores que representam verdadeiramente a inclusão social pelo esporte, a exemplo do campeão brasileiro Sub-14 Elivelton Santos e o Estadual Sub 18 José Francisco, o Fininho, estarão aquilatando seu potencial com atletas de outros estados, os surfistas nativos permanecerão prestigiados com a disputa exclusiva para eles, a "Local", que premiará com duas das oito pranchas que compõem a boa premiação.

Disputas

A reta final para definir quem exibirá títulos do surf paraibano se inicia com o "Rotator de Surf", em Barra de Camaratuba, que vai acirrar as disputas com esse penúltimo evento valendo 1500 pontos no ranking que Elivelton Santos, da reserva indígena potiguara, lidera na Iniciantes, Mirim e Júnior, respectivamente com limite de idade em quatorze, dezesseis e dezoito anos.

Na Open, para todas as idades, a experiência do potiguar Emanuel de Souza tem pesado positivamente, e ele, campeão também entre os acima de vinte e oito anos da Sênior, quer se manter no alto do pódio em ambas.

No Feminino, a bicampeã e líder Iorrana Borges, jovem surfista que se inspira na também paraibana Tininha, foi a exclusiva representante feminina do estado rumo à medalha de bronze da Confederação, feito inédito da nossa seleção.

Nos pranchões do Longboard, a ponta é de Johnson Jacques com vitória em Cabedelo e Conde, mas outro surfista com títulos estaduais, o atual campeão Júnior Manteiga, é um dos nomes aguardados, no evento que também tem disputa para competidores iniciantes nos Pranchões.

Entre veteranos, Brayner Brito, atual campeão Máster e Grand Master, é sempre presente e lembrado, no ressurgimento do estadual, em 1987. Brito venceu não só à Open na então abertura em Cabedelo, como a seguir faturou invicto vencendo também às duas provas finais na paradisíaca Barra de Camaratuba, onde na Master quem chega líder é Fabiano Montenegro seguido por Alexandre Henrique, enquanto na Grand Máster a disputa estará só começando.

União

Barra de Camaratuba, tem um histórico de eventos com excelentes ondas e vitórias de nomes como Fábio Gouveia, Otávio Lima, Jano Belo e Diana Cristina, a Tininha. Fabinho venceu à sua primeira prova profissional no estado, sua segunda vitória na categoria, em 1991, exatos vinte anos antes do
"Rotator de Surf" que Barra de Camaratuba sedia, quando então ele, cuja cine biografia "Fábio Fabuloso" será exibida nesta quinta-feira no Estação Nordeste em João Pessoa, poderia até mesmo vir disputar as categorias de veteranos visando o Mundial que São Paulo sedia em meados de 2011.

Foi lá também, em 1983, que Guto Clerot venceu rumo a se sagrar o primeiro campeão paraibano de surf, quando então a temporada contava apenas com uma categoria aberta e a paradisíaca Barra de Camaratuba não possuía pousadas e a estrutura de hoje, a qual não interfere em sua beleza natural.

Presente na decisão do Paraibano em Barra de Camaratuba já em 2008, a marca de surf paraibana Rotator também se fez apoiadora na decisão 2009 e agora, mais estruturada, estará na penúltima etapa do Paraibano contribuindo com duas das pranchas e artigos de surf na premiação, que tem outras oferecidas pelas marcas Cutback e Sargaço, também apoiadora de um atleta revelado nas ondas da Barra, Alan Amaro, competidor que está retornando com força total.

A PBSurf informou que as inscrições em João Pessoa se iniciaram na apoiadora 33 Graus Surf Shop , Rua Treze de Maio, Centro, tendo todas as categorias vagas limitadas. O patrocínio da prova é da Rotator, Prefeitura de Mataraca, além da Norfil e Ice Cola Dore via incentivos Programa Faz Esporte - Lei nº 8.472/08, da Secretaria de Estado da Juventude Esporte e Lazer do Estado. Apoio Moçada Que Agita ano 30, Mona Vie, Associação Guajirú, Pranchas Cutback e Sargaço Surfboards, blocos Teccel, Pousada Porto das Ondas e Pousada Brisa Mar, com divulgação Mix FM João Pessoa, sendo realização com homologação da Federação Paraibana de Surf (PBSurf).
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS