Outras Notícias

Veja os Comentários


15/02/2011-16:44:31
AQUAX Super Junior
 

Texto: Chico Padilha

Elivelton voa no Aquax Super Júnior

 

O paraibano Elivelton Santos, recordista de média e nota - 12,60 e 9 pontos respectivamente- no primeiro dia da decisão "Surfbeat apresenta Aquax Super Júnior", na Praia de Diários, Fortaleza, Ceará, acabou perdendo a invencibilidade na última bateria do dia, a segunda semifinal mirim vencida pelo cearense Wagner de Sousa e ele sendo segundo, com ambos se somando a Patrick de Sousa e Michael Rodrigues que completam trio do Ceará nesta que foi a segunda decisão definida no sábado do "Surfbeat apresenta Aquax Super Júnior".

Antes, os Iniciantes que vão a final foram conhecidos, e um deles é o campeão da etapa inaugural e já coroado melhor Sub-14 geral do Aquax, Rafael Venuto, que vai a decisão com três estreantes em pódio deste circuito: David Sobrinho, também do Titanzinho, Rivaldo de Sousa, da Leste-Oeste, e o único não fortalezense da final Sub-14, Rafael Sousa Santos, o Tigrão, da Taíba, balneário da também cearense São Gonçalo do Amarante.

As semifinais Júnior, que vale motocicleta na temporada, ficaram para a tarde de domingo, na primeira delas os cearenses são maioria com o líder Ícaro Lopes, Everson Costa e Thomas Demétrio, terceiro do ranking, buscando uma de duas vagas na final Sub-18 que o potiguar João Pedro também buscará.

A segunda semi também tem trio de único estado, a Paraíba, e nele quem está em minoria é o Ceará, representado por

Marco Otávio, que veio da mais próxima Taíba fazer frente ao vice líder José Francisco Fininho, ao outro terceiro Elivelton e a Fábio Gomes, que a exemplo de Marco busca apenas a cobiçada prancha FC com tecnologia Keahana que o melhor da etapa receberá na tarde de domingo, como nas outras três categorias em disputa, uma delas que tem duas fases exclusivas pela amanhã a partir das oito horas, a Open.

Nela, o potiguar líder Emanuel de Sousa, tem um desafio forte contra três cearenses, e ele sabe como é difícil vence-los, afinal o mais experiente dos próximos adversários, Sergio Ricardo, conseguiu na Sênior do recente Reggae Club Surf Master, supera-lo de virada, enquanto na abertura do "Surfbeat apresenta Aquax Super Júnior", essa missão nem seu irmão Paulo Emrique nem o cearense campeão júnior nordestino Diego Mendes, cabeças de chave e vice e terceiro da Open, conseguiram em Natal.

Berço

O desafio dos inscritos na categoria sem limite de idade é superar performances como as de Elivelton Santos que, traduzidas em notas, justificam porque os "Diários" eram, ao lado da praia vizinha, a do ainda existente Clube Ideal, o point mais urbano das primeiras gerações do surf do Ceará, das quais fazia parte o presidente da sua Federação, Romero Jucah, que ainda lembra o nome da mercearia onde a fome normal era saciada, a "Zen".

Neste domingo no "Surfbeat apresenta Aquax Super Júnior", uma outra fome vai ser saciada, a de vitórias e de notas altas, e não faltam candidatos querendo superar a onda na qual Elivelton Santos abriu com manobras expressivas que um aerial double grab 360 finalizou para merecer imbatíveis nove pontos.

 

O "Surfbeat apresenta Aquax Super Júnior", contando com Governo do Estado do Ceará e Prefeitura de Fortaleza, Corpo de Bombeiros e Academia Chandler de Surf, tem patrocínio Surfbeat Parafinas Manga Wax, Heineken, TTI (Tecelagem e Tinturaria Itabira Ltda.), Etical Etiquetas, Wet Dreams, Federação Cearense de Surf e Top 16 Promoções, e FC Surfboards com pranchas Keahana na premiação do quatro primeiros nos Diários em Fortaleza e ao campeão geral da Open,troféus San Eventos e Revista Wave Wind Sports.
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS