Outras Notícias

Veja os Comentários


25/10/2003-09:56:40
Universitário
 

Surfistas universitários da Bahia, Sergipe e Alagoas competem neste final de semana (25 e 26/10) na praia de Stella Maris, em Salvador, em busca de vagas para a decisão do Lui Lui Surf Festival, circuito brasileiro da modalidade, marcada para o início de dezembro na praia de Maresias, São Sebastião (SP).

A competição começa às 8 horas nos dois dias e as finais estão marcadas para as 13 horas do domingo. Estarão em disputa as categorias individuais Masculino e Feminino e o Tag Team (revezamento) entre as universidades.

De cada um dos três Estados participantes saem os oito melhores do masculino e duas do feminino para a disputa do título brasileiro, além da universidade vencedora na briga por equipes.

Nas categorias individuais os vencedores ganharão passagens aéreas da TAM para qualquer lugar do Brasil. A premiação tem ainda pranchas Storm Rider para os vice-campeões e kits Billabong, Lui Lui, Bully's, Renault e Sundown para os quatro finalistas.

Uma das disputas mais esperadas acontece entre os companheiros de universidade, Bruno Pitanga (pós-graduação em condicionamento físico aplicado à cardiologia) e Lalo Giúdice (marketing). Os dois estão empatados no ranking baiano universitário deste ano - cada um com uma vitória e um 2º lugar - e querem fazer o tira-teima neste final de semana. Ironicamente, no mesmo final de semana eles terão de unir forças no Tag Team, tentando classificar a Unime para a decisão em Maresias.

"Vão ser disputas muito boas. No individual é cada um por si, mas no Tag Team vamos estar juntos, ajudando um ao outro", diz Pitanga, que terá ainda como companheiro na equipe da Unime Adson Mauricio (Educação Física) e Leonardo Villas Boas (Direito), também cotados na individual.

"Queremos fazer bonito, porque a Unime está nos dando a maior força. Dão bolsas de estudo, pagam as nossas inscrições e se nos classificarmos, também vão bancar a nossa viagem. São poucas as universidades que fazem isso", destaca o surfista. Além dos atletas da Unime, aparecem como favoritos os surfistas da UFBA, Rafael Matos (Direito) e Carlos Guilherme (Veterinária).

Para conquistarem as vagas, os atletas disputarão um novo formato de competição. Todos os atletas surfarão duas fases e os oito que fizerem as melhores somatórias (as duas maiores notas de cada) estarão classificados para a semifinal.

"Com esse novo modelo, todos os competidores têm a chance de recuperação. No formato convencional, muitas vezes alguns atletas são desclassificados mesmo surfando muito bem", comenta Thiago Ferrão, um dos organizadores do evento, que dará ao campeão brasileiro um automóvel Renault e uma passagem aérea da TAM para Paris, França.
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS