Outras Notícias

Veja os Comentários


06/06/2011-09:21:50
MARESIA SURF PRO
 

MARESIA SURF PRO NORDESTE

HALLEY BATISTA É O CARA EM ARACAJU.

PERNAMBUCO COMEMORA SEGUNDA VITÓRIA NO MARESIA PRO EM SERGIPE.

 

Neste domingo de decisão do Maresia Surf Pro Nordeste no Havaizinho, Praia do Atalaia – Aracaju – SE, apesar do mar ter baixado em relação a ontem, a tarde com a maré enchendo as ondas formaram um parque de diversões para os competidores que participaram da quinta edição do ANS Pro 2011.

A decisão da prova foi composta por quatro atletas de bases regulares, favorecidos pelas direitas do pico que apresentaram melhor formação neste domingo.

Halley Batista e Alan Jhones protagonizaram o show maior na grande final. O campeão de 2009 e atual vice nacional que desde sua estreia em Aracaju fez belíssimas apresentações arrancando nas quartas, com um aéreo muito alto, quase a nota máxima, já abriu a disputa levantando o público na praia. Com mais um aéreo estiloso em que aterrissou na base cravou 8.33 e saiu na frente na corrida pelo título da etapa, mas acabou ultrapassado pelo cometa pernambucano Halley Batista. Halley encontrou uma onda muito boa e soube aproveitá-la, andou por toda sua extensão, soltou batidas fortes no crítico conseguindo linkar uma manobra a outra com fluidez, para fechar com chave-de-ouro e carimbar a maior nota do evento (9.10) finalizou com um aéreo reverse com muita projeção. Jhones ainda fez nota 5.50, mas Halley que já tinha 6.50 em sua primeira saiu do mar direto para a comemoração com os amigos e em seguida para o lugar mais alto do pódio.

“Estou muito feliz com esse resultado, não é fácil chegar à final e nem vencer atletas tão bons. Agradeço a Deus por estar aqui!”, comemorou o campeão. “Faz tempo que eu estou aí na guerra e vou continuar me esforçando para conquistar bons resultados, o segredo é treinar e treinar, e nunca desistir,” finalizou.

Pela vitória o pernambucano embolsou o valor de 8 mil reais, 2000 pontos no ranking regional e 1000 pontos no Brasil Tour.

O vice-campeão Alan Jhones, além de faturar 6 mil reais ainda tomou a ponta do ranking que pertencia a seu conterrâneo John Max.

Emerson Piai, atleta local da Praia do Tombo - Guarujá, e Alan Donato, que assim como Halley é integrante do quinteto fantástico de Maracaípe, ficaram a sombra de Jhones e Batista e não conseguiram superá-los.

Piai que por duas vezes (nas quartas e semi) arriscou tudo e saiu do
mar
aplaudido depois de conseguir virar nos minutos finais e saltar da quarta para a primeira colocação, não conseguiu se achar na final. Ainda pegou algumas ondas, mas nenhuma com expressão o bastante para lhe render a vitória. O paulista saiu de Aracaju com o troféu de terceiro colocado e 3.600 reais a mais em sua conta bancária.

Já Donato chegou à bateria mais aguardada da competição após surfar com tranqüilidade durante toda a prova. Com muita segurança e fluidez ele soube se posicionar e se encaixou muito bem as valas do Havaizinho durante os dois dias do Maresia Surf Pro Nordeste. Nas quartas-de-final fez sua melhor apresentação, levando com ele para semi o atual campeão do tour Bruno Galini que foi barrado pelo próprio Alan na primeira semifinal vencida de virada por Piai. Nesta Galini abriu bem a disputa, somou suas duas melhores logo no início, mas diferente da performance que obteve nos outros embates, não se saiu bem e  ficou com a quinta posição na etapa.

“Estou amarradão por mais este pódio. Infelizmente não consegui achar as ondas ali na final, mas o surf é assim mesmo. Só tenho que comemorar, somos uma equipe e hoje o Halley venceu, então todos nós vencemos”, disse Alan Donato quarto colocado na etapa.

O campeão de 2010 César Aguiar perdeu a chance de conquistar o bicampeonato na última bateria das quartas, o pernambucano que abriu melhor a briga não pôde com o ataque de seus adversários e ficou fora da competição. Já Rudá Carvalho, que inaugurou o pódio do ANS Pro em Aracaju no ano de 2009 quando aconteceu a primeira edição do Maresia Pro Nordeste em águas sergipanas, apesar de ter surfado muito e vencido todas as baterias que disputou ficou pelo caminho na semifinal aonde sofreu o bote do campeão Halley Batista.

Pablo Paulino, que em seu ano de retorno ao circuito nordestino profissional venceu a etapa de abertura, chegou a Aracaju com sede de vitória. Soltou o surf e com muita radicalidade foi até a penúltima fase da competição, mas não foi feliz na escolha das ondas e não respondeu a altura os seus adversários, ficando com a sétima colocação no evento. Outro atleta que não se encontrou e encerrou sua apresentação na semifinal foi o paraibano Ulisses Meira, ele mostrou um surf criterioso e venceu brigas difíceis com categoria.

Entre os sergipanos Romeu Cruz e Daniel Silva foram os locais que roubaram a cena. Chegaram às quartas-de-final e com garra, determinação e um surf polido mostraram desde a fase inicial que queriam mais e que tinham potencial para tanto.

Sergipe é o único estado do Nordeste que não conta com um representante na elite nacional, mas com o visível crescimento do surf e evolução dos atletas sergipanos esta realidade está muito próxima de ser modificada.

O Maresia Surf Pro Nordeste contou com o patrocínio da Maresia, Governo Estadual de Sergipe através da Secretaria do Esporte e do Lazer e da Prefeitura Municipal de Aracaju. 

Apoio: Funcaju, Abrasp, FSS – Federação Sergipana de Surf, Black Box, Digital Net, Z Tach, World Lines, Litoral 655, Pipeline, Magic Baby, MSG Surf Shop, Skypy, ZTech, Surf Jeans, Stillo Z, Planet Music. 


Divulgação: Canais ESPN, Woohoo, TV Atalaia, TV Record, TV Sergipe, Sites Waves, Cearasurf, Ondulação e Surfguru, Revista Feeling e Jornal Cearasurf Press.

RESULTADOS
1° Halley Batista (PE)  
2° Alan Jones (RN) 
3° Emerson Piai (SP) 
4° Alan Donato (PE) 
5° Bruno Galini (BA)
5° Rudá Carvalho (BA)
7° Ulisses Meira (PB)
7° Pablo Paulino (CE)

RANKING
1º Alan Jones RN 4860
2º Jhon Max RN 4760
3º Edvan Silva CE 4300
4º Arthur Silva CE 3970
5º Antônio Eudes CE 3920
6º Pablo Paulino CE 3830
7º Halley Batista 3770
8º Isaias Silva CE 3730
9º Felipe Martins 3670
10º Bino Lopes BA 3600
11º Alan Donato PE 3440
12º Gutemberg Silva 3320
13º Júnior Lagosta 3260
14º Michel Roque CE 3240
15º Bruno Galini BA 3120
16º Argus Diniz CE 3110
 
Comunicando Surf – Assessoria de Comunicação
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS