Outras Notícias

Veja os Comentários


27/10/2003-19:25:35
Feminino
 

A cearense Tita Tavares foi a campeã da última etapa do SuperSurf, encerrada no último domingo (26/10), na praia de Itaúna, em Saquarema (RJ).

Tita conquistou sua quarta vitória e fechou a temporada com 100% de aproveitamento. Na decisão, bateu a maior surpresa em Saquarema, a jovem paulista Cláudia Gonçalves, que superou duas favoritas para chegar no pódio.

Claudinha era só alegria. "Na semifinal, peguei altas ondas e consegui derrotar a Andréa (Lopes), uma surfista que eu admiro muito e nem precisa falar nada, é uma tricampeã brasileira, né?", disse Claudinha, que antes da semifinal já havia barrado a defensora do título do SuperSurf de Saquarema, Taís de Almeida, nas quartas-de-final.

"Estou muito feliz, porque nunca tinha chegado numa final do SuperSurf e ganhar da Tita Tavares seria uma glória total, mas não consegui achar as ondas na final", completou Claudinha, que ganhou R$ 2,5 mil de prêmio pelo vice-campeonato, enquanto a campeã Tita Tavares faturou R$ 5 mil, além das chaves da Volkswagen Parati Cross-Over pelo título brasileiro.

"Desde o ano passado, vou vivendo com problemas de patrocínio, mas estas vitórias no SuperSurf me deram um novo ânimo e eu aprendi a pensar positivo para continuar seguindo em frente", falou Tita Tavares, que ampliou para nove o seu próprio recorde de vitórias nos quatro anos de SuperSurf.

"Consegui um apoio nesse ano da Off Siren, mas mesmo assim tive que usar o dinheiro que recebi de prêmio no SuperSurf para competir nos WQS (divisão de acesso do Circuito Mundial) da Europa e com ele também vou para o Hawaii, onde vou tentar recuperar minha vaga na elite do WCT", contou Tita, que já havia sido campeã brasileira na primeira edição do SuperSurf em 2000.
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS