Outras Notícias

Veja os Comentários


30/03/2013-07:41:11
WQS
 

Brasileiros se destacam na abertura do Rip Curl Pro Argentina

David do Carmo e Alan Jhones foram os recordistas no primeiro dia da etapa do ASP-3 Star que abre o calendário do ASP South America Surf Series 2013 em Mar del Plata

O Rip Curl Pro Argentina abriu o calendário do ASP South America Surf Series 2013 em boas ondas de 2-3 pés na Playa Grande na sexta-feira de praia lotada por cerca de 15 mil pessoas em Mar del Plata. O primeiro dia da etapa do ASP 3-Star foi longo, com 22 baterias disputadas, as dezesseis da primeira fase e as seis primeiras da segunda, quando entram os 32 cabeças de chave da competição, que prossegue até terça-feira na Argentina. O uruguaio Luis Maria Iturria foi o grande destaque da primeira fase, mas seus recordes foram batidos pelos brasileiros Alan Jhones e David do Carmo.

Na primeira metade da rodada inicial, os peruanos Cristobal de Col com nota 8,25 e Juninho Urcia com 14,65 pontos, lideravam a lista de recordes do Rip Curl Pro Argentina. Mas, na nona bateria, o atual campeão nacional do Uruguai, Luis Maria Iturria, aumentou estas marcas para nota 9,0 e 15,65 pontos mostrando muita força nas manobras. Ninguém o superou até o encerramento da primeira fase.

"Em me senti muito tranquilo, quase como um argentino", brincou o campeão uruguaio, Luis Maria Iturria. "Já faz muitos anos que venho a Mar del Plata e gosto bastante desta onda. Antigamente eu sentia mais pressão para competir, ficava mais nervoso, então agora procuro me concentrar mais para não cometer erros, porque todos querem vencer".

Mas, logo no primeiro confronto da segunda fase, o potiguar Alan Jhones usou os aéreos para atingir imbatíveis 16,65 pontos, com nota 8,65 em sua melhor apresentação na Playa Grande. E na penúltima bateria do dia, o paulista David do Carmo surfou uma boa onda de forma incrível, variando as manobras com pressão e velocidade para arrancar um 9,5 dos juízes. Com isso, os brasileiros terminaram o primeiro dia como os recordistas do Rip Curl Pro Argentina.

"Esta é a primeira vez que venho para a Argentina e estou muito feliz", disse o potiguar Alan Jhones, criado nas direitas do Pontal de Baía Formosa, onde ele mora. "Minha especialidade é surfar direitas, não treino muito em esquerdas, mas é que hoje eu estava inspirado e acertei os aéreos para vencer. Eu esperava isso e quero mais. Meu objetivo mesmo é ganhar este campeonato".

Além dos dois, mais seis surfistas do Brasil já passaram para a terceira fase nas seis baterias que fecharam a sexta-feira na Playa Grande, o paranaense Jihad Khodr que já fez parte da elite mundial do WCT, o catarinense Yan Daberkow, o paraibano Alan Saulo e os paulistas Nathan Brandi, Luan Carvalho e Deivid Silva. Também se classificaram para a rodada dos 32 melhores, o peruano Gabriel Villaran, o chileno Guillermo Satt e os argentinos Martin Passeri e Leandro Usuña.

Martin Passeri é o maior ídolo do surfe argentino e disputou duas baterias na sexta-feira. A última foi a que David do Carmo surfou a melhor onda do campeonato. Já Leandro Usuña conquistou a última vaga do dia graças a marcação de uma interferência na disputa de uma onda com o brasileiro Mariano Arreyes, que também é argentino de nascimento, mas compete no Circuito Mundial defendendo o Brasil, onde mora há muitos anos. Com a penalidade, Arreyes computou uma nota com metade da outra, contra duas inteiras de Leandro Usuña.

"Estou muito contente por estar voltando a competir no circuito mundial", disse Martin Passeri, único surfista da Argentina a vencer uma etapa da ASP. "Eu estava afastado das competições por uma questão familiar e também por uma lesão nas costas. Mas, agora estou retornando e este evento da ASP é ideal para isso, em casa, em uma onda que conheço bem. Tenho um sonho de ganhar este evento, mas o nível é muito alto. Acredito que com minha idade (37 anos), tenho mais experiência e a coragem de competir sem ansiedade contra os mais jovens, que arriscam muito mais e podem vencer ou perder as baterias com isso".

O Rip Curl Pro Argentina retorna neste sábado para o encerramento da segunda fase. Dos noventa surfistas inscritos, de dez países, para a disputa dos 55 mil dólares e 750 pontos que estão em jogo na etapa do ASP 3-Star de Mar del Plata, setenta competiram na sexta-feira e 38 foram eliminados no primeiro dia. Ainda faltam vinte cabeças de chave para estrear na Playa Grande, nas dez baterias que restaram para fechar a segunda fase.

Entre eles, o número 1, Hizunomê Bettero, do Brasil, que participa da segunda bateria do sábado, contra o equatoriano Jonathan Zambrano e os argentinos Pablo Cosoleto e Geronimo Usuña. Os participantes do Rip Curl Pro Argentina mais bem colocados no ranking mundial, já entram com a premiação mínima de 300 dólares garantida por suas participações. O valor vai aumentando a cada fase e o campeão da etapa que marca o retorno da Argentina ao Circuito Mundial da ASP depois de 12 anos, fatura 8 mil dólares e 750 pontos para o ASP World Ranking e para o ranking sul-americano da ASP South America.

PRIMEIRA FASE DO RIP CURL PRO ARGENTINA - 3.o=65.o lugar (56 pontos) / 4.o=81.o lugar (32 pts):
1.a: 1-Alan Jhones (BRA), 2-Luan Carvalho (BRA), 3-Tobias Ortells (ARG)
2.a: 1-Nathan Brandi (BRA), 2-Maximiliano Siri (ARG), 3-Kadu Medeiros (BRA), 4-Facundo Ane (ARG)
3.a: 1-Tomas Hermes (BRA), 2-Alan Saulo (BRA)¸3-Jeronimo Santos (ARG), 4-Harrison Alexandre (BRA)
4.a: 1-Jihad Khodr (BRA), 2-Yan Daberkow (BRA), 3-Luis Rojas (ARG), 4-Camilo Hernandez (CHL)
5.a: 1-Martin Passeri (ARG), 2-Mariano Arreyes (BRA), 3-Robson Gobbato (BRA)
6.a: 1-Cristobal de Col (PER), 2-Alonso Correa (PER), 3-Gustavo Costa (BRA)
7.a: 1-Juninho Urcia (PER), 2-Geronimo Usuña (ARG), 3-Nicolas Guajardo (CHL)
8.a: 1-Jonathan Zambrano (EQU), 2-Wesley Santos (BRA), 3-Francisco Usuña (ARG), 4-Patrick Korny (BRA)
9.a: 1-Luis Maria Iturria (URU), 2-Lucas Madrid (URU), 3-Ramon Santiago (PRI)
10: 1-Caetano Vargas (BRA), 2-Yago Dora (BRA), 3-Felipe Suarez (ARG), 4-Agustin Bollini (ARG)
11: 1-Matheus Navarro (BRA), 2-Bruno Moraes (BRA), 3-Giuliano Arreyes (BRA), 4-Felipe Sepulveda (CHL)
12: 1-Renato Galvão (BRA), 2-Italo Ferreira (BRA), 3-John Max (BRA), 4-Samuel Igo (BRA)
13: 1-Paulo Moura (BRA), 2-Alvaro Malpartida (PER), 3-Raphael Seixas (BRA)
14: 1-Wiggolly Dantas (BRA), 2-Lucca Mesinas Novaro (PER), 3-Nahuel Amalfitano (ARG), 4-Bernardo Doljanin (ARG)
15: 1-Thiago Guimarães (BRA), 2-Gustavo Bertotto (BRA), 3-Santiago Madrid (URU)
16: 1-Gabriel André (BRA), 2-Juan Arca (ARG), 3-Wesley Dantas (BRA), 4-Nicolas Ventura (ARG)

SEGUNDA FASE - entrada dos 32 cabeças de chave - 3.o=33.o lugar (US$ 500 e 133 pts) / 4.o=49.o (U$ 300 e 75 pts):
1.a: 1-Alan Jhones (BRA), 2-Gabriel Villaran (PER), 3-Maximiliano Siri (ARG), 4-Wellington Carane (BRA)
2.a: 1-Nathan Brandi (BRA), 2-Luan Carvalho (BRA), 3-Vicente Romero (ESP), w.o=Ian Gentil (HAV)
3.a: 1-Yan Daberkow (BRA), 2-Guillermo Satt (CHL), 3-Tomas Hermes (BRA), 4-Ethan Egiguren (ESP)
4.a: 1-Jihad Khodr (BRA), 2-Alan Saulo (BRA), 3-Bino Lopes (BRA), 4-Nahuel Rull (ARG)
5.a: 1-David do Carmo (BRA), 2-Martin Passeri (ARG), 3-Luan Wood (BRA), 4-Alonso Correa (PER)
6.a: 1-Deivid Silva (BRA), 2-Leandro Usuña (ARG), 3-Mariano Arreyes (BRA), 4-Cristobal de Col (PER)
————-ficaram para abrir o sábado:
7.a: Rafael Teixeira (BRA), Marcelo Rodriguez (ARG), Juninho Urcia (PER), Wesley Santos (BRA)
8.a: Hizunomê Bettero (BRA), Pablo Cosoleto (ARG), Jonathan Zambrano (EQU), Geronimo Usuña (ARG)
9.a: Jano Belo (BRA), Maximiliano Prenski (ARG), Luis Maria Iturria (URU), Yago Dora (BRA)
10: Sidney Guimarães (BRA), Lucas Santamaria (ARG), Caetano Vargas (BRA), Bruno Moraes (BRA)
11: Halley Batista (BRA), Cainã Barletta (BRA), Matheus Navarro (BRA), Italo Ferreira (BRA)
12: Carlos Muñoz (CRI), Cauê Wood (BRA), Renato Galvão (BRA), Bruno Moraes (BRA)
13: Santiago Muniz (ARG), Martin Jeri (PER), Paulo Moura (BRA), Lucca Mesinas Novaro (PER)
14: Marco Fernandez (BRA), Joaquin Del Castillo (PER), Wiggolly Dantas (BRA), Alvaro Malpartida (PER)
15: Alexandre Chacon (BRA), Carlo Zapata (PER), Thiago Guimarães (BRA), Juan Arca (PER)
16: Flavio Nakagima (BRA), Killian Garland (EUA), Gabriel André (BRA), Gustavo Bertotto (BRA)

Reportagens - Julian Mozo - Proenter Argentina - jmozo@agea.com.ar
João Carvalho - Assessoria de Imprensa da ASP South America - joao@aspsouthamerica.com.br
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS