Outras Notícias

Veja os Comentários


30/11/2003-12:25:58
wct
 

Guilherme Herdy foi o melhor brasileiro no primeiro dia do Rip Curl Pro, que acontece em Sunset Beach, Hawaii. Além dele, Peterson Rosa, Flávio e Neco Padaratz também se classificaram para a terceira fase.

Contudo, Paulo Moura, Victor Ribas, Armando Daltro, Fabinho Gouveia e Danilo Costa foram para a repescagem.

O australiano Mick Fanning foi dono da melhor média da primeira fase do Rip Curl Cup, realizada sábado em Sunset Beach, Hawaii, com ondas entre 3 e 4 metros. O evento é a penúltima etapa do WCT 2003 e distribui US$ 250 mil em prêmios.

O swell de Nordeste trouxe ondas grandes e o inside proporcionou alguns tubos, mas a chuva forte e a ausência de um lineup definido prejudicaram os atletas.

Os brasileiros Teco e Neco Padaratz, Guilherme Herdy e Peterson Rosa dominaram as suas baterias na abertura do Rip Curl Pro. Neco, que acaba de ser coroado campeão mundial do WQS, segue em boa fase e avança direto para o terceiro round ao derrotar o floridiano Shea Lopez e o camarada Fábio Gouveia.

Na melhor onda, ele somou 7. "Amo Sunset", disse Neco. "Isso está no meu coração e aqui eu me sinto como no quintal de casa, realmente me
sinto confortável aqui. Vim preparado para as ondas. Lá fora você vê outros caras pegando as ondas, mas não consegue ouvir as notas e fica sem saber a situação na bateria. Você tem que pegar suas ondas para terminar o melhor possível".

Mas foi o niteroiense Guilherme Herdy o autor da melhor atuação brasileira em Sunset, somando 15.33 contra os aussies Tom Whitaker (8.34) e Luke Egan (5.0), que pouco incomodaram o brasileiro.

Peterson Rosa, quinto lugar em Sunset no ano passado, também dominou o pico. O "Bronco" fez 11.5 contra o norte-americano Tim Curran (4.67) e o aussie Michael Lowe (3.5).

O último brazuca a passar direto para o terceiro round foi Teco Padaratz. O catarinense superou por 11.83 o americano Damien Hobgood (11.6) e o australiano Darren O'Rafferty (6.5).

Além de Fábio Gouveia, também foram para a repescagem Victor Ribas, Paulo Moura, Danilo Costa e Armando Daltro.

Vitinho foi segundo colocado no confronto contra o aussie Kieren Perrow, assim como Paulo Moura, segundo contra Mick Fanning (Aus). Danilo Costa foi terceiro na disputa vencida por Michael Campbell (Aus), com Dean Morrison (Aus) em segundo.

Armando Daltro foi terceiro na bateria liderada pelo ex-campeão mundial Mark Occhilupo (Aus). O aussie fez 14.17, com Luke Hitchings (Aus) somando 12.93 e Mandinho, 10.7. O brasileiro foi segundo colocado no Hawaiian Pro e é o melhor brasileiro na Vans Triple Crown.

Mick Fanning, atual número 3 do ranking, iniciou a bateria contra o pernambucano Paulo Moura e o havaiano wild card Sean Moody (Haw) com uma onda nota 9. Na seqüência, ele pegou uns tubos e somou 7.67, atingindo a melhor média do dia: 16.67.

O atleta da Gold Coast ainda está na disputa pelo título da temporada, apesar de todo o foco
estar localizado na dupla acima - Slater e Irons. Mas o surfista de 23 anos está concentrado para manter sua boa posição no ranking.

"Estou me divertindo como faço em todo evento", disse Fanning, ao ser indagado se sentia pressão adicional pelo fato de ser o surfista do poster do Rip Curl Cup.

O norte-americano Kelly Slater, líder do tour, também pegou tubos para derrotar Jake Paterson, atleta de West Austrália e o wildcard taitiano Manoa Drollet. Atual campeão do mundo e vice-líder do ranking, o havaiano Andy Irons também avançou, ao liderar o confronto de locais contra Kalani Robb e o trialista Love Hodel.

Defensor do título do Rip Curl Cup, Joel Parkinson, australiano de Gold Coast, venceu uma disputa acirrada contra o conterrâneo Phil MacDonald e o havaiano Joel Centeio, vencedor do Trials.

Campeão do Rip Curl Cup em 1998, o havaiano Shane Dorian pegou um belo tubo nota 9.33 na bateria contra Nathan Hedge (Aus) e Taylor Knox (EUA). Depois, anunciou sua retirada do tour.

"Esta é minha última temporada no WCT", disse o surfista de Kona. "Eu me diverti muito nestes últimos 12 anos, mas eu quero fazer coisas
diferentes. No ano que vem quero pegar mais ondas grandes e praticar tow-in, nada muito estressante. Só quero relaxar e me divertir".

A melhor onda do sábado foi do aussie Danny Wills. O local de Byron Bay fez um 9.83 contra os conterrâneos Toby Martin e Lee Winkler.

Para saber mais, acesse o site ASP World Tour.com.

Rip Curl Cup - primeira fase

1 Neco Padaratz (Bra) 12.0; Shea Lopez (EUA) 8.33; Fábio Gouveia (Bra)6.23
2 Guilherme Herdy (Bra) 15.33; Tom Whitaker (Aus) 8.34; Luke Egan (Aus)5.0
3 Peterson Rosa (Bra) 11.5; Tim Curran (EUA) 4.67; Michael Lowe (Aus) 3.5
4: Shane Dorian (Haw) 13.5; Nathan Hedge (Aus) 12.5; Taylor Knox (EUA) 6.67
5 Kieren Perrow (Aus) 10.66; Victor Ribas (Bra) 9.4; Jamie O'Brien (Haw)8.9
6 Joel Parkinson (Aus) 13.17; Phil MacDonald (Aus) 11.33; Joel Centeio(Haw) 11.06
7 Mick Fanning (Aus) 16.67; Paulo Moura (Bra) 11.03; Sean Moody (Haw) 9.06
8 Kelly Slater (EUA) 15.76; Jake Paterson (Aus) 14.07; Manoa Drollet (Tah)8.07
9 Andy Irons (Haw) 14.57; Kalani Robb (Haw) 12.6; Love Hodel (Haw) 5.93
10 Trent Munro (Aus) 13.17; Taj Burrow (Aus) 10.0; Pancho Sullivan (Haw)9.6
11 Michael Campbell (Aus) 12.34; Dean Morrison (Aus) 11.17; Danilo Costa(Bra) 9.13
12 Cory Lopez (EUA) 13.5; Luke Stedman (Aus) 7.13; Shane Powell (Aus) 5.9
13 Daniel Wills (Aus) 16.0; Toby Martin (Aus) 7.86; Lee Winkler (Aus) 4.33
14 Flávio Padaratz (Bra) 11.83; Damien Hobgood (EUA) 11.6; DarrenO'Rafferty (Aus) 6.5
15 Mark Occhilupo (Aus) 14.17; Luke Hitchings (Aus) 12.93; Armando Daltro(Bra) 10.7
16 Chris Davidson (Aus) 16.16; Richard Lovett (Aus) 9.73; Beau Emerton(Aus) 6.67
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS