Outras Notícias

Veja os Comentários


01/07/2004-10:05:43
SUPERSURF
 

Os potiguares Marcelo Nunes e Danilo Costa e o pernambucano Paulo Moura, registraram as maiores pontuações da primeira fase, com Nunes totalizando a maior pontuação - 15,23 pontos de 20 possíveis - e o também natalense Danilo tirando a maior nota - 9,00 - da competição iniciada às 10 horas desta quarta-feira, em ondas de 1 metro de altura na Praia do Cupe, em Porto de Galinhas, Ipojuca (PE). O primeiro dia ficou todo reservado para a realização das duas primeiras fases da categoria masculina, com 80 surfistas de 13 estados do país disputando até domingo um total de 98.000 reais em prêmios. Outros 22.000 reais serão divididos pelas 24 participantes da feminina, que vai abrir o segundo dia do SuperSurf de Pernambuco às 9 horas desta quinta-feira na Praia do Cupe.
Convocado na última hora para substituir um dos doze surfistas da elite mundial que por motivos diversos não estão competindo nesta terceira etapa do SuperSurf 2004, o potiguar Marcelo Nunes deu o primeiro show do campeonato na terceira bateria do dia. Abusando dos aéreos, ele registrou uma imbatível marca de 15,23 pontos para derrotar os paulistas Alex Godoy e Isaías Silva e o catarinense Thiago Machado.

"Dei a maior sorte de pegar duas ondas muito boas, apesar de que a primeira bateria sempre tem aquela expectativa, dá um certo nervosismo, mas consegui passar", disse Marcelo, um dos oito brasileiros que fazem parte do seleto grupo dos melhores surfistas do mundo que disputam o WCT. "Fiquei até surpreso de ter sido chamado, mas estou muito feliz por estar aqui novamente participando do SuperSurf, que é um circuito alucinante", elogiou.

Na disputa seguinte, seu conterrâneo Danilo Costa chegou perto de quebrar o recorde, recebeu a maior nota do dia - 9,00 - e totalizou 15,10 pontos. "Foi show! O mar está melhorando bastante com a maré cheia e quem achar a onda certa vai arrebentar, porque todos os surfistas aqui têm alto nível", falou Danilo, após a vitória sobre os paulistas Danylo Grillo e Saulo Júnior e o pernambucano Ernesto Nunes.

Além de Ernesto, outros dois surfistas de Pernambuco acabaram eliminados logo em suas estréias na Praia do Cupe. Um deles foi um dos favoritos da torcida local, Bernardo Pigmeu, que foi barrado no confronto seguinte pelo também pernambucano Paulo Moura e pelo catarinense Guilherme Ferreira. O vencedor Paulo Moura confessou que já estava com saudades de competir em casa. "Nem lembro mais quando foi a última vez que competi aqui no litoral pernambucano. Todos os anos vou para Fernando de Noronha, mas aqui realmente não lembro, faz muito tempo com certeza", disse Paulo.

"Estou muito feliz de estar de volta aqui na terrinha (atualmente reside em Florianópolis-SC) participando de um grande evento como esse, mas a bateria não foi fácil. O Guilherme começou muito bem, achou uma ótima direita e eu fui crescendo durante a bateria. Achei duas boas esquerdas e vamos ver a próxima bateria. Para mim, cada vez que entro na água é como se fosse uma final e se eu conseguir chegar na fase dos tops (quarta fase) vou estar muito feliz", falou Paulo Moura.

Nesta quinta-feira, além da categoria feminina, também começa a primeira fase homem-a-homem da masculina, com mais 32 surfistas (16 em cada categoria) estreando na Praia do Cupe, em Ipojuca (PE). O SuperSurf 2004 é uma realização do Grupo Abril e da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP) e têm como patrocinadores principais a Volkswagen, a Skol e a TIM, além do co-patrocínio da Garnier Fructis e apoio da Suncoast by C&A e da Revista Hardcore. Esta terceira etapa em Pernambuco também tem apoio da Prefeitura Municipal de Ipojuca, Rádio Transamérica FM do Recife, Federação Pernambucana de Surf (FPS) e Associação de Surf de Ipojuca (ASI).

João Carvalho - Assessoria de Imprensa do Super Surf 2004 - (48) 9972-7804 - jcarvalho@abrasp.com.br
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS