Outras Notícias

Veja os Comentários


01/12/2004-21:13:26
Todo Cuidado é pouco
 

Na segunda pela manhã escuto numa rádio local aqui de Natal que um surfista havia morrido em pipa no final de semana...não soube de mais nada até que acesso a INJECTBRASIL.COM e vejo isto escrito por Nilo Zaire


Ás 3:00hs (am) do Domingo (28/11/04), partimos para pipa, eu, Saulo e Champion, chegando lá quando estacionei o carro em cima do chapadão, logo veio um fusca azul, com três rapazes dentro, e assim que pararam o carro, desceram correndo e logo desamarraram as pranchas, cumprimentaram agente e foram pro mar...eu até comentei:

- “taaa, isso é que é secura”,

então acabamos de passar parafa nas pranchas e fomos pro mar, após duas horas de surf, o mar começou a ficar ruim, meus amigos então resolveram sair para tomar uma cerva, e continuei pegando onda junto com uns 20 surfistas, incluindo os meninos do fusca azul, que por sinal eram local...

De repente agente viu uma prancha boiando, e um pescador apontando para praia, mas não dei muita importância para o fato, quando me dei conta, Saulo estava fazendo massagem cardíaca em uma pessoa, então resolvi sair do mar e ver o que tava acontecendo, nesse tempo em que eu saia, Saulo pôs o cara nas costas e subiu pro chapadão, eu o segui com uma certa distância, quando cheguei em cima, perguntei:

- “que porra é essa rapaz??? Saulo então respondeu:

- “o kara ta morto” eu:

- “que? Ta brincando??, não pode não velho tu é doido???” , Saulo:

- “ta sim karalho, o cara ta mortinho, eu já fiz massagem e respiração e nada porra” eu:

- “vamu tentar de novo, rápido meu...” Saulo:

- “calma, calma, não tem mais o que fazer não, ele ta com o pescoço quebrado”.

Fiquei desesperado, o cara era o boy que chegou no fusca azul!!! Tinha uns 17 anos, mas a pior parte ainda estava por vir, os amigos foram chamar a policia e a família do rapaz que era carioca e estava morando em pipa a alguns meses, realmente quando o irmão e irmã dele chegaram, foi a pior parte, foi péssimo assistir ao desespero deles, essa parte não tenho como descrever!!! Assim que a polícia chegou, um soldado com seus 50 anos e outro mais novo, desceram da viatura, o mais velho olhou pro corpo e perguntou:

- “isso foi como?” todos responderam:

- “ foi pegando onda ai na lajinha”.

O policial então disse com os braços cruzados e balançando a cabeça:

- “tavendo só, no que dá? Olha ai foi surfar e se deu mal ta vendo?” a revolta tomou conta de todos os surfistas que estavam presentes, e isso também não dá para descrever!!!
A viagem de vinda, foi silenciosa...não tínhamos nada para comentar se não fosse o acontecido, então todos nós resolvemos ficar calados, o que até hoje ainda nos deixou muito triste.

Lição? Acho que sim,...tudo deixa uma lição não é? Até as coisas ruins! Hoje vejo o surf com outros olhos, surf para mim agora não é mas uma brincadeira de fim de semana, mas sim um esporte muito perigoso, que deve ser levado a sério com muita responsabilidade, pois vi um rapaz, surfista, vivinho da silva e logo em seguida apenas um corpo com o pescoço quebrado! Que fragilidade! Foi uma fatalidade lamentável !

Nilo Zaire
mac_ley@hotmail.com

Quem quiser comentar ou souber de algo mais: contato@surfbyte.com.br ou contato@inject5000.com
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS