Outras Notícias

Veja os Comentários


02/02/2005-17:54:09
Noronha
 

O campeonato mais tradicional do surfe brasileiro comemora 20 anos de história num dos maiores palcos de ondas do país. Pelo sexto ano consecutivo, o Hang Loose Pro Contest será realizado nas ondas tubulares de Fernando de Noronha, em Pernambuco. O primeiro grande evento da temporada aumentou seu nível de premiação para 100.000 dólares, passou a ter nível 5 estrelas e o campeão agora receberá 2.000 pontos que podem valer a liderança neste início da batalha pelas 15 vagas no grupo de elite do surfe mundial, que estão em jogo nas séries qualificatórias para o ASP World Championship Tour (WCT). O show nos tubos de Fernando de Noronha está marcado para a semana seguinte a da Quarta-feira de Cinzas do Carnaval, começa no dia 14 e vai até o dia 20. A participação é limitada e mais de 130 surfistas de 14 países confirmaram inscrição antecipadamente na ASP South America, com grandes estrelas da nova geração internacional e vários destaques do surfe nacional já integrando a lista do primeiro grande desafio do Circuito Mundial de Surfe Profissional em 2005.



O primeiro Hang Loose Pro Contest foi disputado em 1986, quando trouxe o Circuito Mundial de volta ao Brasil com eventos inesquecíveis na Praia da Joaquina. O bicampeão mundial Tom Carroll também foi bicampeão em Florianópolis nos dois anos seguintes e em 1990 veio a primeira mudança, para o litoral paulista. E logo na estréia em Guarujá, o então jovem paraibano Fábio Gouveia conquistou mais um feito inédito. Diante de uma imensa torcida na Praia das Pitangueiras, o surfista da Equipe Hang Loose se tornou o primeiro brasileiro a vencer uma etapa do Circuito Mundial na Association of Surfing Professionals (ASP). Depois de mais cinco temporadas no Sul do país, em 1996 o campeonato foi transferido para o Nordeste e não saiu mais de Pernambuco. Começou percorrendo as principais praias do belo litoral Sul do estado no Continente até atingir o maior objetivo e desde o ano 2000 o Hang Loose Pro Contest é disputado no paradisíaco arquipélago de Fernando de Noronha.
Os brasileiros venceram as quatro primeiras edições na Ilha, mas a hegemonia construída por Guilherme Herdy (RJ), o primeiro campeão nos tubos da Cacimba do Padre, por Fábio Silva (CE) em 2001 na única decisão no lendário pico do Abras e por Victor Ribas (RJ) e Neco Padaratz (SC), foi quebrada no ano passado. O jovem Warwick Wright pegou grandes tubos no dia decisivo na Cacimba do Padre e se tornou o primeiro surfista da África do Sul a ganhar o troféu de campeão do Hang Loose Pro Contest.

No início da sua história, os australianos dominaram os pódios na Praia da Joaquina, vencendo as quatro edições realizadas na Ilha de Santa Catarina, de 1986 a 1989, com um bi de Tom Carroll em 1987 e 1988. Em 1990, mudou para São Paulo e na estréia em Guarujá o paraibano Fábio Gouveia conquistou a primeira vitória brasileira no ASP World Tour. Aí veio outro bicampeonato da Austrália, com Nicky Wood, seguido por mais dois títulos de surfistas estrangeiros, até o paranaense Peterson Rosa, outro grande fenômeno do Brasil no cenário internacional, levar a bandeira verde-amarela de volta para o mais alto do pódio, com uma multidão festejando seu título emocionante conquistado em 1995, no campeonato que acabou marcando a despedida do Hang Loose Pro Contest do Sul do país.

No ano seguinte, estreou em Pernambuco e os surfistas nordestinos aproveitaram o conhecimento das ondas para escreverem seus nomes na mais longa "Galeria de Campeões" de um evento de surfe mundial na América do Sul. O cearense Fábio Silva venceu a primeira edição na Baía de Maracaípe, o potiguar Marcelo Nunes ganhou a segunda também em Porto de Galinhas, Ipojuca, o baiano Armando Daltro levou a da Praia de Gaibú e só em 1999 o australiano Richard Lovett conseguiu quebrar a supremacia nordestina no litoral pernambucano. Porém, os brasileiros reiniciaram uma segunda fase de vitórias consecutivas em 2000, quando o Hang Loose Pro Contest finalmente chegou nas ondas mais desejadas do país, no Havaí brasileiro.

Fonte: ASP
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS