Outras Notícias

Veja os Comentários


22/02/2005-17:46:06
Vai começar o show!!
 

O surfista Joca Júnior, único potiguar que conquistou o título de campeão brasileiro, é uma das armas do surfe potiguar na Seletiva Petrobras de Surfe Masculino, que começa nessa quinta-feira na praia de Rio Doce, em Búzios, no município de Nísia Floresta, localizado 30 Km ao Sul de Natal.

Joca Júnior foi o número um do Brasil em 97 e abandonou o circuito brasileiro no ano passado, mas continua participando e vencendo várias competições locais.

Com 35 anos de idade, se encontra em plena forma e promete surpreender no evento que está recolocando o Rio Grande do Norte no calendário do surfe nacional, depois de quase 10 anos.

Cerca de 150 surfistas de 13 estados do país competem no evento, que inaugura o calendário da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP) entre quinta-feira e domingo distribuindo R$ 40 mil em prêmios e os primeiros mil pontos da divisão de acesso para o SuperSurf 2006.

"Esse campeonato será muito importante para ajudar a crescer o surfe na nossa região e é uma grande chance para os surfistas do Estado mostrarem seu valor”, analisa Joca Júnior.

“Tem alguns surfistas que já deveriam estar se destacando no cenário nacional, mas não têm muitas oportunidades, como o Felipe Oliveira, o Chupetinha de Baía Formosa, o Guilherme de Souza e o André Fagundes. Este último é o único que já está competindo no Circuito Brasileiro Profissional, mas os outros ainda não”, destacou Joca, que agora vive como comerciante, sendo proprietário da Toca do Açaí no bairro de Ponta Negra, em Natal.

“Abandonei o Circuito Brasileiro no ano passado porque estava tirando dinheiro do bolso para competir. Agora, estou tranqüilo, vivendo bem do meu comércio, mas continuo participando de todos os campeonatos por aqui. Acho que não ter mais aquela pressão e responsabilidade com patrocinadores me ajudou. Surfo mais sossegado e continuo vencendo. Os masters daqui do estado é que não estão gostando muito, mas também participo da categoria Open amadora, do profissional, corro tudo e estou em forma. Conheço bem a valinha lá de Rio Doce e estou animado para tentar um bom resultado nessa semana”, prometeu Joca.

O Estado do Rio Grande do Norte já foi sede da etapa final da divisão principal do Circuito Brasileiro de Surfe Profissional em 91, quando o vencedor da prova foi o carioca Pedro Muller, hoje presidente da Abrasp, mas o título de campeão brasileiro ficou com o ubatubense Ricardo Toledo

Em 95 e 96, também na praia dos Artistas, em Natal, foram realizadas duas competições de nível regional que valeram pontos no ranking brasileiro e vencidas, respectivamente, pelo paulista Renan Rocha, que acaba de reconquistar sua vaga na elite mundial do WCT, e pelo pernambucano Gustavo Aguiar, já falecido num acidente trágico de moto em Recife.

Agora, a Seletiva Petrobras de Surfe Masculino recoloca o estado - apontado como um dos maiores celeiros de surfistas do Brasil.

Além de Joca Junior, campeão brasileiro amador em 86 e profissional em 97, o surfe potiguar também revelou outros campeões brasileiros amadores, como Aldemir Calunga, Danilo Costa, Fabrício Júnior, Felipe Barreto e até uma campeã mundial amadora, Alcione Silva.

Destes, Calunga se especializou em ondas grandes e é um dos maiores tube riders do país e Joca e Felipe já abandonaram as competições nacionais.

Assim como Joca, Danilo Costa já fez parte da elite mundial do WCT, só que ele continua disputando o circuito mundial. E Fabrício e Alcione representam o Estado na divisão principal do Circuito Brasileiro desde a criação do SuperSurf em 2000.

A expectativa é de que 144 surfistas de 13 estados participem da seletiva. Muitos já estão treinando desde segunda-feira na praia de Rio Doce, em Nísia Floresta, como o bicampeão brasileiro de 2002 e 2003, Leonardo Neves (RJ), e o cearense André Silva, terceiro colocado na etapa do Mundial WQS em Fernando de Noronha.

Além deles, a maioria também seguiu direto de Fernando de Noronha (PE) para Natal (RN), nova rota que os organizadores locais da competição pretendem repetir nos próximos anos.

Na lista de inscritos, também constam nomes de peso como o paraibano Fábio Gouveia, os ubatubenses Renato Galvão e Odirlei Coutinho, Tânio Barreto (AL), Alexandre Almeida, Raphael Becker, Dunga Neto, Rodrigo Dornelles, entre outros.

Guilherme Herdy, que fazia parte da elite mundial do WCT até 2004, também estava inscrito, mas cancelou sua participação porque em Noronha voltou a sentir dor no tímpano perfurado no Hawaii em dezembro.

Nesta quarta-feira, os organizadores promoverão, às 8 horas, um café da manhã de lançamento do evento para a imprensa local, surfistas e convidados, na Pittsburg Sanduicheria, localizada na Av. Prudente de Moraes, 4615, em Lagoa Nova.

A Seletiva Petrobras de Surfe Masculino é uma realização da RM Sports e esta primeira etapa tem patrocínio da Petrobras e apoio da Ecológica, Pittsburg Sanduicheria, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Rádio 95 FM e Prefeitura Municipal de Nísia Floresta, com organização da ABRASP (Associação Brasileira de Surf Profissional), FESURF RN (Federação de Surf do RN), ANS (Associação Norte-Riograndense de Surf) e ASBT (Associação de Surf de Barra de Tabatinga).

Por João Carvalho
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS