Outras Notícias

Veja os Comentários


23/02/2005-21:00:41
Notas On-line
 


Quem quiser acompanhar ao vivo as notas é só CLICAR

Com lotação máxima de inscritos, a Seletiva Petrobras de Surfe Masculino inaugura nesta quinta-feira o Circuito Brasileiro de Surfe Profissional de 2005 em Nísia Floresta, município localizado cerca de 30 Km ao Sul de Natal, a capital do Rio Grande do Norte. A competição será iniciada às 9 horas na Praia de Rio Doce, em Búzius, que foi literalmente invadida por 176 surfistas de 13 estados do país. Até domingo, eles estarão disputando um total de 40.000 Reais em prêmios e os primeiros 1.000 pontos no ranking que classifica vinte surfistas para o SuperSurf, a divisão principal do surfe nacional. Entre os participantes, estão cinco campeões brasileiros: o potiguar Joca Júnior (1996), o paraibano Fábio Gouveia (1998), o alagoano Tânio Barreto (2001), o carioca Leonardo Neves (bicampeão em 2002 e 2003) e o paulista Renato Galvão (2004). Os dois últimos pela primeira vez competem no Rio Grande do Norte, estado que desde 1996 não recebia uma competição importante de nível nacional.

“Já passei cinco dias em Natal, mas nunca competi aqui no Rio Grande do Norte. As praias dessa região Sul aqui são muito bonitas, cheias de fundo de pedra e espero me dar bem no campeonato”, disse o carioca Leonardo Neves, que mora em Saquarema (RJ) e foi um dos primeiros a chegar em Nísia Floresta para treinar para a Seletiva Petrobras de Surfe Masculino. “Tem boas ondinhas aqui para testar as pranchas. Eu estava em Fernando de Noronha só pegando tubo, com prancha grande, já estava cansado lá e quando as ondas começaram a diminuir decidi vir antes pra Natal e estou amarradão, o lugar é muito bonito”, contou Léo Neves, que aprovou a decisão da Petrobras de começar o Circuito Brasileiro pelo Rio Grande do Norte.

“Foi muito legal isso, porque se essa fosse uma etapa isolada eu particularmente não viria, porque é muito cara a viagem aqui para o Nordeste. Foi bom para nós surfistas, pois temos dois eventos seguidos para competir e também é muito importante ter campeonatos bons aqui na região pra começar a surgir novos valores. A primeira etapa vai ser aqui, a segunda Seletiva já está marcada em Saquarema e é isso aí, tem que procurar mesmo os lugares com boas ondas para fazer os campeonatos e para que o público possa assistir e vibrar com boas apresentações”, elogiou o bicampeão brasileiro do SuperSurf em 2002 e 2003.

Quem também já estava treinando para a Seletiva Petrobras de Surfe Masculino no último dia de treinos livres em Rio Doce, na Praia de Búzius, era o alagoano Tânio Barreto, que há 8 anos mudou para Florianópolis (SC) e agora reside em Barcelona, na Espanha. “O mar hoje já deu uma subidinha e a onda aqui é bem legal, pois apesar de pequena é forte e dá para trabalhar bem as manobras. A previsão é de que continue subindo e com certeza vai rolar altas ondas no campeonato”, analisou o campeão brasileiro de 2001, contente por estar de volta ao Rio Grande do Norte.

“Aqui é um celeiro que já revelou vários atletas, como Danilo Costa, Joca Júnior, Alcione Silva, Fabrício Júnior, Marcelo Nunes, e é um estado que merece um evento desse porte. A Petrobras está investindo forte no esporte e acertou na escolha, pois aqui é um grande palco e o Nordeste estava meio esquecido. Esse é o primeiro passo e espero que os grandes campeonatos voltem a acontecer todos os anos por aqui. Minha infância foi competindo aqui no Nordeste, eu já conhecia essa praia e agora é torcer para que dê boas ondas para que o campeonato seja um grande sucesso dentro d’água também, porque fora tudo está bem estruturado e pronto para um grande show de surfe”, disse Tânio Barreto, que a partir deste ano vai morar na Espanha.

Entre os cinco campeões brasileiros que vão participar da Seletiva Petrobras de Surfe Masculino, o único que não faz parte da lista dos cabeças-de-chave que só estrearão no sábado é o potiguar Joca Júnior, que vai iniciar sua corrida pelo título na sexta-feira. No primeiro dia, as disputas envolverão aqueles surfistas que não tiveram boa pontuação no ranking brasileiro do ano passado e esses terão que enfrentar quatro rodadas para chegar na fase dos cabeças-de-chave. Os 40.000 Reais começam a serem distribuídos a partir das oitavas-de-final e o prêmio máximo para o campeão é de 10.000 Reais.

CAFÉ DA MANHÃ – A expectativa também já é grande na imprensa local. No café da manhã oferecido pelo Pittsburg Sanduicheria, um dos apoiadores da Seletiva Petrobras de Surfe Masculino, para apresentação do campeonato nesta quarta-feira foi muito concorrido e cerca de vinte jornalistas marcaram presença na lanchonete mais badalada de Natal. Os surfistas potiguares Joca Júnior e André Fagundes e o cearense André Silva, terceiro colocado na etapa do Mundial WQS encerrada no último sábado nas ondas tubulares de Fernando de Noronha, se destacaram entre os convidados, junto com os principais veículos de comunicação do estado, como a TV Cabugi (afiliada da TV Globo), TV Ponta Negra (SBT), TV Tropical (Record), TV Potengi (Band), TV Assembléia e os jornais diários Tribuna do Norte, Diário de Natal e O Jornal de Hoje, que já estão realizando uma grande cobertura deste evento inédito no Rio Grande do Norte e na região Nordeste do Brasil.

A Seletiva Petrobras de Surfe Masculino é uma realização da RM Sports e esta primeira etapa tem patrocínio da Petrobras e apoio da Ecológica, Pittsburg Sanduicheria, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Rádio 95 FM e Prefeitura Municipal de Nísia Floresta, com organização da ABRASP (Associação Brasileira de Surf Profissional), FESURF RN (Federação de Surf do RN), ANS (Associação Norte-Riograndense de Surf) e ASBT (Associação de Surf de Barra de Tabatinga).

Quem quiser acompanhar ao vivo as notas é só CLICAR

Por: João Carvalho - Assessoria de Imprensa da ABRASP
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS