Outras Notícias

Veja os Comentários


23/08/2003-11:51:22
WQS
 

Os principais cabeças-de-chave do Rip Curl Pro tiveram o privilégio de estrear em boas ondas de até 1 metro nesta sexta-feira (22/08), em Hossegor, França.

Válido como 23a etapa do WQS, o evento tem nível 6 estrelas e distribui US$ 125 mil em prêmios.

Dos 14 brasileiros que disputaram o sétimo round, seis avançaram para as oitavas-de-final. Estão classificados Victor Ribas (RJ), Raoni Monteiro (RJ), Leonardo Neves (RJ), Marcelo Nunes (RN), Fábio Silva (CE) e Neco Padaratz (SC), líder absoluto da divisão de acesso do Circuito Mundial.

O primeiro brazuca a cair na água foi o paulista Renan Rocha. Depois de fazer uma interferência, Rocha perdeu a chance de ir mais longe e foi eliminado junto com o aussie Shaun Gossmann por Todd Prestage (Aus) e Frederic Robin, das Ilhas Reunião.

Na terceira bateria, Vitinho não deu mole e avançou para as oitavas junto com o franco-brasileiro Patrick Beven (2º), batendo também o aussie Scott Wildin e o potiguar Danilo Costa.

Em seguida, o paranaense Peterson Rosa foi barrado numa das baterias mais empolgantes do dia. Mesmo com uma somatória de 14.50 pontos, o "Bronco" não conseguiu a classificação às oitavas.

É que o australiano Drew Courtney e o yankee Tim Curran não estavam para brincadeiras e eliminaram o brazuca junto com Glenn Hall (Aus).

Drew obteve duas médias muito altas, 9.43 e 8.83, estabelecendo a maior somatória da competição até o momento. Curran também detonou as ondas de Hossegor e marcou a melhor nota, 9.50, somando ainda um 6.57 para fazer um total de 16.07 pontos.

O troco do time canarinho veio uma bateria depois. O carioca Raoni Monteiro estava à vontade nas ondas de Hossegor e não se intimidou com a presença de três talentosos australianos na quinta bateria.

O local de Saquarema deixou para trás Phillip MacDonald (2º), Lee Winkler (3º) e Troy Brooks, último colocado no duelo.

Na sexta bateria, o havaiano Roy Powers e o carioca Leonardo Neves, que também reside em "Saquá", barraram Jonathan Gonzalez, de Ilhas Canárias, e o pernambucano Paulo Moura, que não entrou em sintonia com as séries e acabou "boiando" na disputa.

Nas 10a. e 11a. baterias, o Brasil teve duas baixas consecutivas. Em outro duelo reunindo um brazuca e três aussies, o gaúcho Rodrigo Dornelles sucumbiu diante de Adrian Buchan (1º), Nathan Webster (2º) e Darren O'Rafferty (3º), também eliminado.

Depois foi a vez do baiano Armando Daltro, que perdeu por muito pouco para o aussie Luke Hitchings e o havaiano Bruce Irons. Precisando de 7.13 para seguir na competição, "Mandinho" ainda pegou uma boa onda nos instantes finais, mas conseguiu apenas 6.70 dos juízes e dançou junto com Max Hoshino (EUA).

O cearense Fábio Silva interrompeu a seqüência negativa com uma vitória expressiva na 12a bateria sobre o aussie Chris Davidson (2º), o inglês Russell Winter e o espanhol Eneko Acero. Em seguida, o paraibano Fábio Gouveia foi infeliz em sua estréia e perdeu para Richard Lovett (Aus), Ian Walsh (Haw) e Jarrad Howse (Aus), também eliminado do evento.

Duas belas vitórias fecharam a participação do time canarinho na chave dos principais cabeças-de-chave do Rip Curl Pro. Na 15a bateria, o potiguar Marcelo Nunes bateu o francês Mikael Picon (2º) e os aussies Toby Martin e Tom Whitaker.

No último confronto do dia, o catarinense Neco Padaratz levou a melhor num duelo acirrado contra o espanhol Pablo Gutierrez. Diego Rosa, outro atleta de Santa Catarina no confronto, se deu mal e caiu fora junto com o português Tiago Pires.

Para obter mais informações, acesse o site ASP Europe.com .

Oitavas-de-final do Rip Curl Pro

1 Todd Prestage (Aus), Frederic Robin (Fra), Fred Patacchia (Haw) e Bobby Martinez (EUA)
2 Victor Ribas (Bra), Patrick Beven (Fra), Drew Courtney (Aus) e Tim Curran (EUA)
3 Raoni Monteiro (Bra), Phillip MacDonald (Aus), Roy Powers (Haw) e Leonardo Neves (Bra)
4 Trent Munro (Aus), Chris Ward (EUA), Jason Shibata (Haw) e Taj Burrow (Aus)
5 Travis Logie (Afr), Jake Paterson (Aus), Adrian Buchan (Aus) e Nathan Webster (Aus)
6 Luke Hitchings (Aus), Bruce Irons (Haw), Fábio Silva (Bra) e Chris Davidson (Aus)
7 Richard Lovett (Aus), Ian Walsh (Haw), Eric Rebiere (Fra) e Shane Beschen (EUA)
8 Marcelo Nunes (Bra), Mikael Picon (Fra), Neco Padaratz (Bra) e Pablo Gutierrez (Esp)

Fonte: Waves.
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS