Outras Notícias

Veja os Comentários


06/11/2005-19:11:34
Ecológica-Mormaii
 

A Praia de Ponta Negra, em Natal/RN, ficou lotada para ver o show dos atletas da terceira etapa do Circuito Ecológica/Mormaii de Surf 2005, que teve as finais realizadas neste domingo (6.11), onde o potiguar André Fagundes sagrou-se o campeão da prova, faturou R$ 3 mil e assumiu a liderança do ranking na categoria Profissional após uma bateria muito disputada contra os potiguares Felipe Oliveira e Fabrício Júnior e o cearense Thiago de Souza, segundo, terceiro e quarto colocados respectivamente. Este resultado embola a classificação e a briga pelo título e pela vaga para o SuperSurf 2006, a primeira divisão do circuito brasileiro.



André Fagundes pulou da quarta colocação direto para o topo. O até então líder, o cearense Betinho Rosa, foi eliminado nas semifinais, terminando a etapa na quinta colocação e caindo para a vice-liderança no ranking. Felipe Oliveira subiu da quinta posição para terceiro. Os três primeiros colocados estão na briga direta pela vaga para o SueprSurf, já que Fabrício Júnior, que caiu para quarto, já tem a sua vaga garantida por se manter entre os tops do SuperSurf 2005.



A bateria final começou com muita vibração das torcidas para André Fagundes e Felipe Oliveira. Os atletas estavam dispostos e mostravam tudo o que tinham de melhor para o público e para os juízes. Entretanto, André Fagundes assumiu a liderança da bateria na sua terceira onda, aproveitando bem a parede que se abria com manobras fortes e muita fluidez. O público que lotou a praia ia ao delírio a cada manobra executada.



Thiago de Souza mandou um aéreo muito alto, mas logo em seguida ficou em “combinação” (mais de dez pontos atrás do líder) junto com Fabrício Júnior. Ambos conseguiram sair da combinação, mas não conseguiram alcançar o líder, que marcava fortemente Felipe Oliveira. Quando conseguia se livrar da marcação de Fagundes, Oliveira arriscava tudo em aéreos altos, mas não conseguia finalizar.



Faltando pouco menos de um minuto para o término da bateria, Felipe e André se abraçaram dentro d’água e saíram aplaudidos pelo público pela bela apresentação. A torcida de Fagundes entrou na água para cumprimenta-lo e carrega-lo até o palanque. “É uma vitória muito importante para mim. Agradeço, acima de tudo, a Deus. Graças a Deus consegui achar as duas ondas salvadoras e vencer a bateria. Estava muito cansado nas semifinais e conseguir passar para a final me deu muita força”, declarou André Fagundes emocionado, que recebeu o troféu Cláudio Pachá, homenagem a um dos precursores do surf no Rio Grande do Norte.



Amadores – As categorias amadoras também estão disputadas. Na principal delas, a Open, a festa foi paraibana, com Rafael Seixas e Erbeliel Andrade faturando a primeira e a segunda colocações, respectivamente. O sergipano Valmir Neto ficou em terceiro e se mantém na liderança do ranking. O potiguar Júlio Cavalcante foi o quarto. Na Iniciante, Lissandro Leandro foi a grande revelação e levou a vitória para a Praia de Santa Rita, litoral norte potiguar. Djackson Paulino foi o segundo, com Jonatan Correia em terceiro e Samuel Igor em quarto.



John Max reencontrou o caminho da vitória na Mirim, deixando o seu principal adversário pelo título, Alan Jones, em terceiro lugar. Caio César, outro surfista que vem se destacando, ficou em segundo e César Aguiar em quarto. Mas Alan Jones resolveu disputar novamente a categoria Júnior e mais uma vez levou a melhor sobre três paraibanos: Erbeliel Andrade, Rafael Seixas e Yure Nogueira.



No Feminino, vitória apertada de Janaína Cléa sobre Givanilda e Kaliane Venâncio. Completando o pódio em quarto lugar ficou a atleta Natália Freitas. O cearense Argus Diniz venceu entre universitários, com Glauco Eduardo em segundo, Kleiber Rodrigues em terceiro e Adalberto Nunes em quarto. No tira-teima entre Leonardo Macedo e Bruno Villanova no Longboard, melhor para Léo, que venceu a sua segunda prova em 2005 e vai em vantagem para a última etapa, em Pipa.



Elias Lamas papou tudo na Sênior e na Master. Na primeira, deixou João Hermógenes, Paulo Germano e Rodrigo Souza para trás. Na segunda, as vítimas foram Dedé Cabral, Waguinho e João Simplício. Já na categoria das lendas do surf, a Grand Master, Dedé Cabral ficou em primeiro, com Betão em segundo, Edu Elias em terceiro e Dãozinho em quarto.



A quarta e última etapa do Circuito Ecológica/Mormaii 2005 será realizada no próximo mês, em dois fins de semana seguidos. Nos dias 10 e 11 de dezembro, será disputada a grande final das categorias amadoras. No fim de semana seguinte, 17 e 18, será a grande final dos profissionais. Esta etapa também será válida pelo encerramento do Circuito Nordestino Profissional, que dá quatro vagas para o SuperSurf 2006. Portanto, a paradisíaca e badalada Pipa será a capital do surf nordestino em dezembro, onde serão conhecidos os cinco novos integrantes do SuperSurf, o campeão do ranking do Ecológica/Mormaii e os quatro melhores do Nordestino.



A terceira etapa do Circuito Ecológica/Mormaii de Surf 2005 foi uma organização da Associação Norte-rio-grandense de Surf – ANS, com patrocínio da Ecológica e da Mormaii, apoio da Radical Surfboards, blocos Teccel, Surf Byte (www.surfbyte.com.br), Barraca Alto Astral, Barraca 11, Barraca 12, Governo do Estado do RN/ Codesp e Prefeitura Municipal de Natal/ Sectur, e supervisão da Associação Brasileira de Surfe Profissional – Abrasp e Federação de Surf do RN – Fesurf RN.



Festa – A festa foi completa em Ponta Negra. Após o término de todas as baterias finais, a organização promoveu uma Expression Session, onde o atleta que executasse a manobra mais radical faturava uma mochila Mormaii recheada de acessórios. O vencedor foi o cearense Thiago de Souza, que executou com perfeição um aéreo 360º muito alto. Na sequência, o público masculino delirou com o Concurso Miss Biquíni, onde a vencedora foi Amanda Rocha, de 15 anos. Após a entrega dos prêmios aos campeões das onze categorias, o público, que não arredou o pé da praia, pôde conferir uma roda de capoeira e logo em seguida um show de reggae, com telão passando imagens de surf.





RESULTADOS:

Profissional:

1º - André Fagundes/RN

2º - Felipe Oliveira/RN

3º - Fabrício Júnior/RN

4º - Thiago de Souza/RN

Open:

1º - Rafael Seixas

2º - Erbeliel Andrade

3º - Valmir Neto

4º - Júlio Cavalcante

Iniciante: Lissandro Leandro

Mirim: John Max

Júnior: Alan Jones

Feminino: Janaína Cléa

Universitário: Argus Diniz

Longboard: Leonardo Macedo

Sênior: Elias Lamas

Master: Elias Lamas

Grand Master: Dedé Cabral



RANKING APÓS TRÊS ETAPAS
Profissional:

André Fagundes/RN – 2280

Betinho Rosa/CE – 2200

Felipe Oliveira/RN – 2140

Fabrício Júnior/RN – 2015



Open:

Valmir Neto – 2810

Rafael Seixas – 2312

Yure Nogueira – 1838

Erbeliel Andrade – 1818



Iniciante: Jonatan Correia

Mirim: Alan Jones

Júnior: Erbeliel Andrade

Feminino: Givanilda

Universitário: Argus Diniz

Longboard: Leonardo Macedo

Sênior: Elias Lamas

Master: Jerry Pascoal

Grand Master: Dedé Cabral

Demais resultados, fotos e vídeos click aqui.

 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS