Outras Notícias

Veja os Comentários


15/11/2005-19:57:42
Surf Escola 2005
 

A terceira e última etapa do SurfEscola foi encerrada neste final de semana, no Mar do Macaco, em Cabedelo, com recorde de inscritos (106).

A competição já existe há sete anos com as categorias Kid (8 anos), Petit (10 anos), Iniciante (14 anos), Estreante e Mirim (16 anos), Júnior (18 anos) e as categorias Feminino Estreante, Feminino Open, Longboard e Funboard sem limite de idade.

A etapa teve início na noite de sexta-feira 11, as 19 horas, com mais um meeting no Bar do Surfista, que além de pequenos vídeos das etapas passadas apresentados no Data Show cedido por Araújo Produções, contou com a apresentação de curtas palestras, entre elas as de Alexandre Palitot (Presidente da Federação Paraibana de Surf - PBSURF) que falou sobre o BOLSA ATLETA, divulgando nomes de atletas que renovarão o Contrato e futuros contemplados; Fred da Secretaria da Saúde alertou a criançada sobre Drogas e a Drª Rita (ONG Guajirú) apresentou o Projeto Orla. Os Kits da Pena também foram entregues aos finalistas da 2ª etapa.

Na manhã do sábado, o hasteamento das bandeiras de Cabedelo, da Paraíba e do Brasil marcou o início das disputas em um belo dia de sol, maré cheia e condições fracas de surf.

José Francisco , o Fininho, foi mais uma vez campeão Petit, Fábio Gomes foi o vice, Valberlan Lima, de Baia da Traição, foi terceiro e Yan Roque, de Mamanguape, foi o quarto. Fininho competiu também na disputa Estreante ficando com o troféu de 4° colocado.

Na divisão Kids, o pernambucano Raul Jorge levou mais uma, em segundo Kim Barbosa, Alexandre Filho foi terceiro e completando a final Gabriela Cady em quarto. Essa categoria contou com semi-finais com a primeira participação em competição de Mônica "Veinha", que a cada onda surfada vibrava com alegria.

Na Estreantes quem levou a melhor foi o atleta Levi Silva, enquanto que Miguel Neto, de BT, ficou em segundo, William da Silva em terceiro e José Francisco em quarto.

No Feminino (Estreantes) Larissa Guedes ficou em primeiro lugar, seguida de Sofia Lany, em terceiro Danielle Torres, que recentemente conta com o apoio da CAGEPA, e em quarto a pernambucana Brenda Cordeiro.

Já na Feminino Open, teve a participação de atletas paraibanas e natalenses, mas a pernambucana Ana Flávia foi a campeã, seguida pela paraibana Edjane Santos. Em terceiro ficou a natalense Francisca Givanilda e em quarto outra paraibana Janaína Cléa, campeã do Circuito 2005.

Samuel Igor, campeão das duas primeiras etapas, fez mais uma vez a mala dos adversários na categoria Iniciantes, deixando o potiguar Carlos Fening em segundo, Maronilton Júnior em terceiro e em quarto ficou Anderson José, o Janjão.

Os Mirins, além de poucas ondas, tiveram mais um desafio, com atletas destaques a nível nacional, a exemplo do potiguar Jonh Max. Uma final que contou com três atletas de Natal e apenas um paraibano, quem levou o troféu de campeão foi o potiguar Jackson Silva, o paraibano Bruno Brito, recém chegado do Sul do país, foi vice, Jonh Max foi o terceiro melhor e em quarto ficou mais um potiguar Caio Cesar.

A divisão Júnior também contou com confrontos entre paraibanos e potiguares. Agora quem se deu bem foi Caio Cesar/RN, o paraibano Erbeliel Andrade foi segundo, John Max/RN ficou com a terceira colocação seguido por Yure Nogueira, local do Mar do Macaco.

No Funboard, que teve uma final divertida na 2ª etapa entre o organizador e shaper Raul Coelho x Alexandre Henrique com dupla interferência, teve uma semi com disputa de uma vaga na grande final entre Jerônimo SurfByte Vilar e Raul Coelho. Jerônimo marcou o shaper durante os oito minutos finais, garantindo com muito esforço uma vaga na próxima fase. Na final Joerton Costa foi campeão, Alexandre Henrique foi vice, Tales Veloso ficou em terceiro e Jerônimo em quarto.

No longboard, Nilton Santos ganhou o troféu de campeão, o potiguar Jonas Soares foi vice, Júnior Manteiga foi o terceiro deixando Nicolas Amorim com a quarta colocação. Com a terceira colocação o atleta Júnior Manteiga foi o campeão do Circuito.

As categorias sem limite de idade e que não contam com a apresentação do Boletim Escolar teve como campeões Danielle Torres na Feminino Estreante, Janaína Cléa na Feminino Open, Alexandre Henrique no Funboard e Júnior Manteiga no Longboard.

Os campeões do VII Circuito Surf Escola 2005 nas categorias Kid, Petit, Estreantes, Iniciante, Mirim e Júnior serão definidos após a entrega dos Boletins com notas do 3° bimestre. Atletas, o Boletim Escolar deverá ser entregue até dia 30 de novembro na Inject.

Durante os dois dias de competição foram realizadas sorteios e brincadeiras com os atletas e com o público presente. A Secretaria da Saúde, através de Fred, realizou um Concurso de Desenho, montou uma tenda com mesas, cadeiras e lápis de cor. O desenho campeão foi o da surfista da Baia da Traição, Robéria Lopes, que levou um brinde da Pena Surf Wear.

Outro concurso que agitou a galera foi o Miss Biquíni Surf Escola. A campeã foi a índia Potyra, em segundo Larissa Guedes, campeã Feminino Estreante, e em terceiro Helaine Emília. A campeã levou uma Mochila Tod e a vice um biquíni Pena da Loja +Surf.

Já ILZE Caroline, a Carol, foi a primeira a conseguir o autógrafo do Capitão Merreca, Tales Veloso, e ganhou uma bermuda Inject.

A sétima edição contou com o Patrocínio da Inject Brasil, Prefeitura de Cabedelo, Grande Moinho Tambaú, Mix FM, Pena Surf Wear e da Loja +SURF. Apoio: Fibrax, Blocos Teccel, Art Vinil, Tod Sport Wear, Araújo Produções, Salgadinhos Kinitos, Bar do Surfista e do site deolhonoesporte. Homologação e realização da Federação Paraibana de Surf.

Font: InjectBrasil.com
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS