Outras Notícias

Veja os Comentários


11/05/2006-13:16:48
ISA
 

Na repescagem da Mirim, o potiguar Johnny Max foi nitidamente prejudicado pelos juízes e está fora do Mundial. Logo no início da bateria, Johnny cometeu uma interferência sobre o japonês Kaishu Tanaka.

Mesmo com a perda de 50% de sua segunda melhor nota, o potiguar reagiu e passou a liderar a bateria. Nos últimos minutos o fraco surfista de Barbados Lewis St. John pegou uma esquerda que nem preocupava os brasileiros.

"Está tranqüilo, vão dar um 3, no máximo um 4", falaram os atletas Dodô Veiga e Wiggolly Dantas, além do auxiliar técnico Gabriel Macedo.

Quando o locutor anunciou a nota 7.00 para Lewis, toda a equipe brasileira ficou boquiaberta, sem acreditar que uma onda surfada totalmente fora do critério fosse tão valorizada pelos juízes.

Com o "presente", Lewis foi pra primeiro, deixando o havaiano Tyler Newton em segundo e Johnny Max em terceiro.

Foto: Daniel Smorigo / CBS.
Fonte: waves
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS