Outras Notícias

Veja os Comentários


26/09/2006-20:57:12
SurfEscola
 

Por Inject Brasil

O potiguar Carlinhos Fenning teve melhor onda surfada (7,67) e melhor média do evento (13,77). O Paraibano Samuel Igo pode ser campeão em três categorias (Iniciante, Mirim e Júnior) após a entrega dos boletins do 3º bimestre.

O swell de sudeste que entrou no final de semana no Mar do Macaco, palco das competições, animou os competidores do 8º Circuito Surf Escola 2006, que tem o ranking final das provas válida pelo Circuito Paraibano de Surf Amador. O Macaco não decepcionou e as disputas rolaram em boas condições, com ondas de até meio metrinho com formação regular e com muito sol, o que trouxe para a praia um bom público. A competição teve início na manhã do sábado, dia 07, logo após a cerimônia de abertura, que contou com a presença do Secretário de Esportes e Turismo de Cabedelo, Sr. Clemildo Gomes Pereira.

As disputas aconteceram nas categorias Kid, Petit, Infantil, Estreante, Iniciante, Mirim, Júnior, Feminino Open, Feminino estreante, Funboard, Longboard e Expression Session, e terminou nessa tarde de domingo.


Na Kids Johnas "Marretinha", garoto carente que se integra no esporte competindo no Surf Escola, venceu pela terceira vez consecutiva, deixando Alexandre Filho em segundo, José Jurema em terceiro e Mônica Veinha, outra atleta carente, em quarto.

Entre os Petiz venceu Elivelton Santos, que também venceu as outras duas etapas anteriores, com Rauzinho em segundo e Gabriela Cady com a terceira posição.

Na disputa infantil a vitória foi do potiguar Carlinhos Fenning, que surfou muito obtendo a melhor onda surfada (7,67) e melhor média do evento (13,77) e deixou o local José Francisco em segundo e os atletas da Baía da Traição Yan Roque e Elivelton Santos em terceiro e quarto lugares.

A final Estreante contou com três atletas da Baía da Traição contra um pessoense. Quem levou a melhor foram os atletas de BT com Diego Cassiano vencendo a disputa, Elivelton Santos ficou em segundo, Nailson Ferreira em terceiro e Cainã Souza de João Pessoa em quarto.

Na iniciante o campeão foi o paraibano Samuel Igor que superou o potiguar Carlinhos Fenning, em terceiro ficou José Francisco de Cabedelo e em quarto Maronilton Júnior de BT.

Os atletas Samuel Igo e Carlinhos Fenning travaram mais um duelo bastante acirrado agora na Mirim, que premia o campeão com uma prancha Inject fabricada com blocos Teccel. Samuel Igo com 10.40 pts. venceu a disputa e deu o troco em Carlinhos Fenning que fez 10.00 pts. Fenning tinha vencido a etapa anterior, realizada em agosto. Maronilton Júnior ficou em terceiro e em quarto ficou o Brainner de Castro, que fez interferência logo nos primeiros minutos de bateria.

Entre os surfistas com até 18 anos, a Júnior, o destaque foi Rivaldo Elisson, local de Cabedelo, que virou a bateria na última onda em cima de Samuel Igo, que por pouco não levou mais uma prancha para casa. Em terceiro ficou Levi Silva e em quarto Ramon do Valle.

Ente os surfistas que competem em categorias nas quais não se exige comprovar idade, e nem matricula escolar, Edjane Santos venceu na Feminino Open, com Danielle Torres com a vice colocação, Robéria Lopes em Terceiro e em quarto Naíze Ferreira. Com essa colocação Edjane é a campeã Feminino do Circuito Surf Escola 2006.

Na Feminino Estreantes Iorrana Borges foi a melhor, deixando Naíze Ferreira em segundo, Larissa Guedes em terceiro e em quarto ficou Danielle Bozi. O título de campeã 2006 ficou com Naíze Ferreira, local da Baía da Traição. Esse ano foi bastante equilibrada com três atletas com as mesmas colocações. Naíze Ferreira, Larissa Guedes e Iorrana Borges somaram as mesmas pontuações na soma do ranking nas provas: 2710 pontos. Naíze sagrou-se campeã por ter participado de dois meetings a mais do que a Larissa e apenas um a mais do que Iorrana.

No longboard Johnson Jacques foi o melhor nos pranchões, enquanto Júnior Manteiga foi seu vice, Nicolas Amorim foi terceiro e Rivaldo Elisson em quarto. Johnson é o campeão da categoria em 2006.

Júnior Manteiga garantiu vitória na etapa e do Circuito 2006 na categoria Funboard, categoria de pranchas menor do que o longboard, ficando em segundo Antonio Nunes, em terceiro Tales Veloso e Johann Early em quarto.

A Tod Expression Session foi vencida por Anderson José, o "Janjão, que completou uma manobra bastante forte. O atleta também participou de outras disputas, mas não conseguiu avançar para a final. Obteve duas quintas colocações nas categorias Infantil e na Iniciante.


Recordistas de Finas da etapa final
Essa etapa final contou com vários atletas fazendo mais de uma final, confira abaixo:

1. Samuel Igo fez três finais: Venceu a Iniciante e a Mirim e foi vice na Júnior.

2. Carlinhos Fenning também com três finais: Venceu a Infantil e foi vice na Iniciante e na Mirim.

3. Eliventon Santos com três finais: Venceu a Petit, foi quarto na Infantil e vice-campeão na Estreante; e

4. José Francisco duas finais: Vice-campeão Infantil e terceiro na Iniciante.

5. Jr Manteiga com duas finais: Vice-campeão Longboard e campeão Funboard.

6. Naíze Ferreira duas finais: Vice-campeã Feminino Estreante e quarto lugar Feminino Open.

7. Rivaldo Elisson duas finais: Campeão Júnior e quarto no Longboard.

8. Maronilton Júnior duas finais: Quarto lugar Iniciante e terceiro lugar Mirim.

Os campeões das categorias Kid, Petit, Infantil, Iniciante, Estreante, Mirim e Júnior só serão definidos após a entrega do Boletim Escolar com notas do 3º bimestre, que tem o prazo máximo de entrega até o dia 31 de outubro de 2006. O ranking final será divulgado dia 01 de Novembro. Após definido o ranking será também divulgado o dia da realização da Festa de Encerramento com entrega dos diplomas e troféus aos campeões de cada categoria. O atleta local da Baia da Traição Samuel Igo lidera três categorias e tem grandes chances de ser campeão da Iniciante, Mirim e da Júnior.

Foi realizado na manhã do domingo, por volta das 11h em frente ao palanque do evento, desfile com a nova coleção de roupas e acessórios da Surf Shop Realce Surf Mar, do Proprietário Marcelo, e dos vários tipos de pranchas da Inject Brasil com novos designers e pinturas para o verão, shapeadas por Raul Coelho.

A novidade foi bastante elogiada pela galera presente na praia e também por quem acompanhou via Internet. Fizeram parte do desfile os modelos Vânia, Ricardo, Carol, Brainner, Rauzinho e Fininho. Foi show!

O evento contou, mais uma vez, com transmissão ao vivo (imagens e som) aqui no site através do sistema de computação SurfByte. Mesmo de longe os internautas puderam acompanhar a transmissão, torcer pelos amigos, familiares e enviar mensagens de apoio e incentivo.

No primeiro dia de competição os juízes experimentaram um terminal sem fio (foto). "Com transmissão Wifi o novo terminal traz mobilidade e segurança na digitação das notas por parte dos juizes. A primeira impressão deixada foi de espanto e satisfação por partes daqueles que tiveram oportunidade de testar o equipamento. Declarou".

Surf Escola nas ondas da educação
Para participar do Circuito é preciso que os atletas das categorias com limite de idade estejam regulamente matriculados e mostrar boletim escolar em cada etapa. Em 2007 o Surf Escola já tem parcerias certas e promete ser, mais uma vez, um sucesso!

Essa foi a etapa final do oitavo ano de realização do Circuito Surf Escola e contou com o patrocínio da Inject Brasil e Prefeitura Municipal de Cabedelo. Colaboração da Secretaria de Esporte e Turismo de Cabedelo. Co-patrocínio Teccel - Fábrica de Blocos, e Fibrax - Fibra de Vidro. Divulgação da MIX FM, a rádio oficial do surf paraibano, tendo apoio do Bar do Surfista, Realce Surf Mar, FLIP, Tod Sport Wear, Art Vinil, Wavegrip, Dore, Araújo Produções, OG Telecom e SurfByte.

O Circuito é homologado pela PBSURF - Federação Paraibana de Surf com Realização da Inject Brasil – Fábrica de Campeões.

Clique aqui e confira os resultados de todas as categorias!
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS