Outras Notícias

Veja os Comentários


24/02/2007-17:20:55
Rip Curl
 


A nova geração fez bonito no primeiro dia da 2ª etapa do Rip Curl Grom Search, neste sábado (dia 24), na Praia de Ponta Negra, em Natal (RN). O evento atraiu surfistas de todo o litoral brasileiro e tem finais neste domingo (dia 25). Em disputa quatro categorias - mirim e feminina (ambas para atletas com até 16 anos de idade), iniciantes (no máximo 14 anos) e grommets (limite de 12 anos).

Neste sábado, Ponta Negra, um dos principais “picos” de surf do litoral nordestino, amanheceu com ondas de dois a três pés (um metro), abrindo para os dois lados, proporcionando excelentes momentos para os competidores. Confirmando o favoritismo, o surfista local, Carlos “Fanning” Rodrigues (foto) foi um dos destaques e por um momento chegou a ter as melhores pontuação e média numa onda.

Depois de três batidas verticais de “back side”, conseguiu nota 7,5, para somar 13,75 de 20 possíveis na disputa iniciantes. "Achei a onda certa e aproveitei para fazer a diferença na bateria. Estou confiante e tomara que eu dê sorte nas próximas", disse Carlos "Fanning", atual vice-campeão nordestino iniciantes.

Momentos depois, na categoria mirim, Miguel Pupo bateu as médias de Rodrigues e conseguiu - com dois snaps - arrancar uma nota 15. Recém-chegado do Havaí, ele é um dos filhos de surfistas famosos competindo em Natal. Seu pai é Wagner Pupo, recordista da Abrasp como top 16 no Circuito Brasileiro. Também estão em ação o pernambucano radicado em Santa Catarina, Ian Gouveia, filho do maior nome do surf nacional, Fabinho Gouveia, e o catarinense Pedro Husadel, herdeiro de David Husadel, conceituado surfista e empresário.

"Pô! Me disseram que aqui era a maior merrecagem, mas está dando para andar legal. Espero conseguir uma colocação legal para brigar pela viagem para a Austrália", afirmou Pupo, referindo-se ao tamanho das ondas e ao prêmio especial ao melhor do Circuito.

Ao final do ranking, os campeões da mirim e da feminina ganharão o direito de representar o Brasil na final internacional do Rip Curl Grom Search 2008, na Austrália. O evento é realizado simultaneamente com o WCT Rip Curl Pro, em Bells Beach, o mais tradicional campeonato do Circuito Mundial Profissional.

Os dois surfistas receberão as passagens aéreas e toda a logística para competir, além de bolsas de estudos completas, com intercâmbio cultural, estadia e alimentação, na The Milton College Centre, uma das instituições mais respeitadas daquele país, oferecidas pela Study Way. “É mais do que um prêmio, é um sonho para qualquer surfista”, comentou o também paulista Thiago Guimarães, outro destaque na mirim.

Quem também surfou bem neste sábado foram os potiguares Dejackson Paulino e Lissandro Leandro. Dejackson conseguiu a maior nota do evento até agora, um 8,5. Com um snap forte, uma batida e um aéreo, ele conseguiu arrancar aplausos da praia e, no momento, leva o prêmio surpresa oferecido pelas lojas Ecológica. "Estou no rip e sentindo que posso me dar bem", garantiu.

Outros nomes fortes na etapa são os paulistas Wesley Moraes, campeão do Rip Curl Grom Search 2005 e que disputou a final internacional de 2006, e Gabriel Medina, vencedor da etapa inicial entre os iniciantes. Na feminina, as atenções ficam para a catarinense Gabriela Leite e a pernambucana Monik Santos. Na disputa pelo título, a briga ficará mais acirrada para a etapa final daqui um mês em Ubatuba (SP), sobretudo na mirim, porque o vencedor da etapa inicial, Nathan Brandi, não competiu, e o vice, Sidney Guimarães, perdeu na fase inicial, ficando apenas na 25ª colocação.

Dependendo da situação, Ian Gouveia pode sair de Natal como o líder. Na areia, quem chamou a atenção na Ponta Negra foi o tricampeão brasileiro Peterson Rosa, que viajou ao Rio Grande do Norte para acompanhar a nova geração. Felipe Silveira, CEO da Rip Curl no Brasil, afirmou que "os locais estão dando muito trabalho e acredito que agora o ranking vai ficar bem emboloado".

COM APENAS 3 ANOS DE IDADE – Além dos surfistas que já se destacam, inclusive no exterior, o Rip Curl Grom Search tem como atração em Ponta Negra, o potiguar Kayan Medeiros, de apenas três anos e quatro meses de idade. Filho de um pai surfista e uma mãe bodyboarder, ele surfa desde os dois anos e oito meses e competirá na categoria grommets. A maneira de o menino pegar uma onda é bem peculiar. Ele já fica esperando a onda em pé em cima da prancha, que é ajustada pelo pai, o representante comercial Ivan Medeiros. Kayan até já com seguiu cortar uma delas.

PELA NET - Todas as disputas no mar têm transmissão ao vivo pela internet, no link www.fpsurf.com.br/grommets. O internauta tem acesso ao som da locução do palanque, imagens em tempo real dos surfistas nas ondas e às notas dadas pelos juízes, além de interagir com o evento, enviando mensagens de texto para a organização e atletas. Neste domingo, o evento recomeça às 9h. As finais serão disputadas das 12h45 às 14h05 e, na seqüência, a premiação.

A etapa do Rip Curl Grom Search 2007 em Ponta Negra tem o patrocínio das Lojas Ecológica. Apoio: Sticle, Study Way, The Milton College Centre, Sky Artes Gráficas, Griffe Co. Cobertura da Revista Fluir e do Site Waves. Colaboração: Governo do Estado do Rio Grande do Norte; Prefeitura Municipal de Natal e do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte. Supervisão da Confederação Brasileira de Surf e da Federação de surf do Rio Grande do Norte.



Fonte: FMA Noticias


 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS