Outras Notícias

Veja os Comentários


30/04/2007-13:59:19
Onda Viva
 

Click aqui para ver as notas, baterias, fotos

Jonas Soares (foto) - Radical / Cilindro - vence a principal categoria da primera etapa do Onda Viva 2007.

Em final de semana com muita chuva no sábado e sol forte no domingo Ponta Negra premiou a todos com altas ondas.

Apesar da tempestade que caiu no sábado atletas não arredaram o pé e as categorias de base (Groomets, Iniciante, Estreante e Mirim) deram início a competição.

Do domingo foi a vez das categorias Open, Junior, Senior, Feminino conferirem os tubos de bom tamanho que Ponta Negra proporcionou a todos.

Na Mirim o pernambucano Luel Felipe, que estava treinando em Baia Formosa e ficou sabendo campeonato através do SurfByte, levou a melhor em cima de Jonathas Correia, Djackson Paulino e Zeus Marinho.

Na Iniciante Carlos "fanning" Rodrigues escolheu as esquerdas certas para executar 3, 4 manobras e descolar a segunda melhor nota do evento (8.57) e vencer o local da Pipa Arlan Duarte, que na final achou um tubo quase perfeito que lhe rendeu uma nota 8.0 pontos. Na primeira fase da categoria Arlan pegou um tubo de "grab rail" que levantou a galera em Ponta Negra. Em terceiro ficou outro surfista da Pipa Madson Costa e em quarto Herbert Dantas.

O bloco Teccel da categoria Senior ficou com o ex-profissional, mas que ainda surfa como se fosse um atual, Junior Rocha. Em segundo ficou Jerry Pascoal com Emerson Teodósio em terceiro e Junior NAscimento em quarto.

Na Junior o bloco foi para John Max. Djackson Paulino liderou a bateria desde o seu início, mas John não desistiu antes de tocar a sirene e na regressiva executou um aéreo de backside "insano" para virar e vencer. Caio César ficou em terceiro e Luiz André, com a prancha quebrada, finalizou em quarto.

A principal categoria do evento levou um bom público a beira da praia para torcer por seus favoritos. Na sua primeira onda surfada o local dos Artistas, Jonas Soares, achou uma boa direita que começou com uma boa rasgada e finalizou com um aéreo preciso. As demais ondas surfadas foram parecidas onde os atletas conseguiram descolar notas próximas dos 4 pontos não sendo suficiente para desbancar os 10.76 de Jonas.

Com a prancha na mão o atleta agradeceu seu shaper (Ronaldo Barreto) e seu novo patrocínio Cearense (Cilindro). O pódiu ficou completo com Junior Rocha em segundo, Emanoel de Souza em terceiro e John Max em quarto.

SurfByte
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS