Outras Notícias

Veja os Comentários


03/09/2007-09:05:31
Rio de Janeiro
 

Por Chico Padilha

As ondas não apresentaram a mesma qualidade dos dois primeiros dias de disputa, a entrada de um vento sudoeste deixou o mar mais mexido, mas nem isso impediu que Tininha, de apenas dezessete anos e candidata a tricampeã brasileira júnior consecutiva. superasse nas ondas de Itaúna sua arqui-rival Krisna de Souza, do Rio Grande do Norte, e garantisse precoce primeira vitória profissional poucos meses depois de iniciar importante temporada de treinos nas fortes ondas da cidade maravilhosa e de todo o Estado do Rio.

Nascida e iniciada nas ondas da Baía da Traição, Paraíba, Diana Cristina, a Tininha, tem raízes indígenas, e é a mais jovem campeã no Mundial de Acesso, e ontem (02/09) faturou ao aguardado primeiro título profissional em disputas nacionais ,na prova que valeu também pelo Regional Sudeste-Brasileiro. A indiazinha Tininha, ficou em primeiro seguida pela campeã da primeira etapa e velha adversária dos tempos de amadora, a natalense Krisna de Souza, em bateria final coadjuvada pelas cariocas Priscila Barsick e Taís de Almeida, terceira e quarta colocadas.

Decisão com Krisna

A etapa final do inédito título fluminense e sudeste-brasileiro feminino, vai acontecer no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste da capital fluminense. A favorita é Krisna de Souza, que há alguns anos se radicou no Rio de Janeiro e lidera somando 1860, fruto de vitória e segundo lugar, enquanto a vice líder Tininha soma o quinto da etapa inaugural em Itacoatiara, Niterói, e acrescentou mil pontos da vitória de ontem, que lhe garantiu acumular 1610 pontos e chances ao primeiro título estadual feminino profissional, o qual se decidirá justamente no Recreio.

Antes da primeira etapa do Circuito Pena Pro, aconteceram no norte Fluminense dois eventos masculinos valendo pontos no ranking do Estadual . Esta foi a quarta etapa realizada para a somatória no ranking masculino fluminense, que vale a vaga na elite para o primeiro colocado.

O Circuito Pena Rio Pro tem o patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da Pena Surfwear. Nessa segunda etapa o apoio foi da Prefeitura de Saquarema. A divulgação é da Revista Fluir e do site Waves. A realização é da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro e Organização dos Surfistas Profissionais do Rio de Janeiro, com a colaboração da Associação de Surf de Saquarema.

Fotos: Pedro Monteiro (FESERJ)
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS