Outras Notícias

Veja os Comentários


21/10/2007-21:08:04
Ecológica RN
 

Por Tiago Prates


Click aqui para ver as notas de todas baterias, resultados, ranking e fotos

Atleta superou Jadson André e venceu as categorias Open e Júnior na segunda prova do Circuito Ecologica de Surf 2007 – etapa Cyclone

Um fim de semana atípico na Praia de Tabatinga, localizada no município de Nísia Floresta/RN, litoral sul potiguar. Considerado um dos melhores locais para a prática do surf no Rio Grande do Norte, as ondas de Tabatinga mais lembravam as da Praia de Ponta Negra, em Natal/RN, de tão pequenas. Inesperados também foram os resultados da segunda prova do Circuito Ecologica de Surf 2007 – etapa Cyclone. O favorito Jadson André foi superado nas duas categorias que disputou – Júnior e Open – por Luiz André, que faturou a vitória nas duas.


Com os resultados desse fim de semana (20 e 21/10), Luiz André assumiu a liderança nas duas categorias, ao lado de Caio César, também vencedor nas duas na primeira etapa, realizada em Ponta Negra, no mês de setembro. Por uma grande coincidência, os dois tiveram resultados idênticos em etapas diferentes. Assim a competição se torna ainda mais acirrada para os próximos dois desafios até o final da temporada.



O sábado já mostrava como seriam as ondas até as finais, realizadas na tarde deste domingo (21/10). No primeiro dia foram definidos os finalistas das categorias Iniciante, Mirim, Júnior, Open e Universitários, além dos semifinalistas da Sênior. Ao final do sábado, era unânime a opinião de que Jadson André levantaria o caneco da Júnior e da Open, pois ele tinha a melhor onda (8,5 na semifinal Junior) e as duas melhores médias (15,5 nas semifinais Open e Júnior).



Mas assim como as ondas surpreenderam, Luiz André também mostrou que era possível vencer Jadson. Bem posicionado e abusando dos aéreos, o surfista de Miami (pico da Praia de Areia Preta, em Natal/RN) venceu a Open, deixando Djackson Paulino em segundo e Emanuel de Souza em terceiro. Jadson ficou mal posicionado no mar, não encontrou as ondas e ficou em quarto.



Na sequência, veio a final Junior. Jadson demorou a perceber que continuava no lugar errado e começou a reação tarde demais, o que o deixou com o vice-campeonato. "Estou muito feliz por ter conseguido esse resultado aqui em Tabatinga. Consegui completar todas as manobras e vencer com o mar nessas condições", comemorou Luiz André. "Estava mal posicionado e demorei a perceber isso. Mesmo assim fico feliz pelo Luiz, ele mereceu a vitória", reconheceu Jadson.



Outro atleta de Miami, Jonathan Correia, venceu a Mirim. "Todo mundo de Miami está de parabéns pelas vitórias conquistadas aqui. Espero que a organização do Circuito Ecologica leve a próxima etapa para Miami, porque nós estamos merecendo uma prova em casa", declarou Jonathan durante a premiação. Djackson Paulino, líder da categoria, ficou em segundo, seguido de Ítalo Ferreira e Sidnei Silva.



Ítalo se mantém na liderança da Iniciante depois de ficar com o vice, atrás de Rafael Joaquim. Madson Costa e José Francisco completaram o pódio. Na Feminino, a paraibana Edjane Santos superou a potiguar Gabriela Silva, a paraibana Daniele Torres e a pernambucana Selma Silva, que cometeu duas interferências e foi desclassificada na final.



Na Universitários, Luiz Meza permanece na liderança, mesmo após o terceiro lugar na etapa Cyclone. Agno Wosen está em segundo com o vice. O vencedor foi Everton Souza e, completando o pódio, Hugo Meza ficou com o quarto lugar. O paraibano Johnson Jacques levantou o segundo caneco consecutivo e disparou na liderança da Longboard. Léo Macedo não foi campeão por pouco e continua com o segundo lugar. Niclebson Silva e Nilton Santos ficaram em terceiro e quarto lugares.



A final Sênior foi apertada, mas Rodrigo Jorge acabou levando a melhor sobre Paulo Germano, Raniere Adriano e Agno Wosen. Na Master, Elias Lamas venceu a segunda consecutiva e dispara rumo a mais um título. Ivan Medeiros foi o segundo, seguido por João Maria e Vinicius Almeida. Na Grad Master, Gustavo Jorge também manteve a supremacia e venceu mais uma. Rubens Barros, Sávio Henrique e Dãozinho completaram o pódio.



A próxima etapa do Circuito Ecologica de Surf 2007 será nos dias 24 e 25 de novembro, em local ainda a ser definido pela organização. Certo é que será numa das praias urbanas de Natal/RN. Estão na briga a Praia dos Artistas e Miami, na Praia de Areia Preta.



A segunda prova do Circuito Ecologica de Surf 2007 – etapa Cyclone foi uma realização da Associação Norte-rio-grandense de Surf – ANS, com patrocínio da Ecologica e da Cyclone, apoio de Governo do Estado do Rio Grande do Norte/ Codesp, Revista Dropz ( www.revistadropz.com.br), Surf Byte (www.surfbyte.com.br), Motores & Ação (www.motoreseacao.com.br ), FM Tropical, Pranchas Custom e Teccel, sob supervisão e homologação da Federação de Surf do Estado do Rio Grande do Norte – Fesurf RN.


RESULTADOS DA 2ª PROVA DO CIRCUITO ECOLOGICA – ETAPA CYCLONE

Open
1 – Luiz André
2 – Djackson Paulino
3 – Emanuel de Souza
4 – Jadson André

Iniciante
1 – Rafael Joaquim
2 – Italo Ferreira
3 – Madson Costa
4 – José Francisco

Mirim
1 – Jonathan Correia
2 – Djackson Paulino
3 – Ítalo Ferreira
4 – Sidnei Silva

Junior
1 – Luiz André
2 – Jadson André
3 – Caio César
4 – Jackson Silva

Feminino
1 – Edjane Santos
2 – Gabriela Silveira
3 – Daniele Torres
4 – Selma Silva

Universitário
1 – Everton Souza
2 – Agno Wosen
3 – Luiz Meza
4 – Hugo Meza

Longboard
1 – Johnson Jacques
2 – Leonardo Macedo
3 – Niclebson Silva
4 – Nilton Santos

Sênior
1 – Rodrigo Jorge
2 – Paulo Germano
3 – Raniere Adriano
4 – Agno Wosen

Master
1 – Elias Lamas
2 – Ivan Medeiros
3 – João Maria
4 – Vinícius Almeida

Grand Master
1 – Gustavo Jorge
2 – Rubens Barros
3 – Sávio Henrique
4 – Dãozinho

RANKING APÓS DUAS ETAPAS
Open
1 – Luiz André – 1656 pontos
1 – Caio César – 1656
3 – Emanuel de Souza - 1620

Iniciante
1 – Ítalo Ferreira – 1900
2 – Madson Costa – 1539
3 – Herbert Dantas - 1466

Mirim
1 – Djackson Paulino – 1900
2 – Jonathan Correia – 1729
3 – Ítalo Ferreira - 1710

Junior
1 – Caio Cesar – 1810
1 – Luiz André – 1810
3 – Djackson Paulino - 1556

Feminino
1 – Selma Silva – 1729
2 – Natália Freitas – 1556
3 – Daniele Torres - 1539

Universitário
1 – Luiz Meza – 1710
2 – Agno Wosen – 1629
3 – Hugo Meza - 1385

Longboard
1 – Johnson Jacques – 2000
2 – Leonardo Macedo – 1800
3 – Niclebson Silva - 1620

Sênior
1 – Nenzinho – 1531
2 – Almeida Júnior – 1466
2 – Raniere Adriano - 1466

Master
1 – Elias Lamas – 2000
2 – João Maria – 1710
3 – Vinicius Almeida - 1385

Grand Master
1 – Gustavo Jorge – 2000
2 – Dãozinho – 1629
2 – Rubens Barros – 1629

Click aqui para ver as notas de todas baterias, resultados, ranking e fotos

Obs.: Em breve vídeo da etapa

SurfByte
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS