Outras Notícias

Veja os Comentários


02/06/2008-11:27:22
Nordestino PRO #4
 

Texto: Chico Padilha

Vice da terceira etapa ele agora faturou Pena Surf Nordeste em Alagoas

No Pena Surf Nordeste em Alagoas, quarta etapa do Nordestino 2008 de Surf Profissional, o surfista cearense Thiago de Souza, foi o atleta a registrar o único atraso para entrar na disputa da sua bateria de terceira fase nas ondas da Praia do Francês, Marechal Deodoro, apenas vinte quilômetros ao sul da capital Maceió.

"O Felipe (Martins, também de Fortaleza) se enganou ao me dizer que eu estaria na bateria dele e do Halley (Batista, atual líder do circuito), e por isso na hora estava ouvindo música e não ouvi ao chamado, sorte que o Netinho (Valmir Neto, sergipano top 16 do circuito e do ranking provisório) veio me chamar", essas foram as declarações de Thiago antes da final que valia ao campeão seis mil reais de vinte oferecidos.

E foi ele, com superação de lesão, o grande campeão do Pena Surf Nordeste na seqüência de um vice título na etapa anterior vencida pelo conterrâneo Fábio Silva, desta vez barrado na última bateria do sábado, a oitava da fase dois em que avançaram o paraibano Ulisses Meira, de virada indo para primeiro, e Messias Félix, que se manteve vivo na disputa até a bateria final quando sua última onda ameaçou a vitória de Thiago de Souza, o melhor do Pena Surf Nordeste e da nova dobradinha cearense.

Coadjuvando o campeão Thiago de Souza e o vice Messias Félix, a terceira colocação foi do potiguar John Max, de apenas dezessete anos, que entrou definitivamente na disputa de uma das vagas ao SuperSurf pelo Nordestino, de cuja terceira etapa não participou por estar na França disputando o Mundial Júnior.

A quarta posição em Alagoas foi de um dos destaques do evento: Rudá Carvalho, baiano de duas finais regionais e quarto lugares consecutivos, constância que vem merecendo palmas até mesmo nos companheiros de disputas no forte circuito Nordestino, no qual a mais recente nota nove foi sua, agora na posição nove do ranking.

Nova mudança
Como novidade, a presença do cearense Edvan Silva, quinto a exemplo do pernambucano Luel Felipe em Alagoas, na terceira posição do novo ranking divulgado. "Van", recordista de média da prova (15,85 nas quartas de final) aparece após o Pena Surf Nordeste em Alagoas abaixo apenas do pernambucano e líder Halley Batista e de seu vice-baiano Bruno Galini, donos de vitórias nas primeiras etapas em casa.

A próxima parada acontece em um destino inédito do Nordestino, as também internacionais ondas do Pontal de Baia Formosa, marcando a volta de um fundo de pedra de ondas para a direta ao circuito e a perspectiva de ser ver repetido ou ser maior ainda o sucesso de uma etapa assim como foi em 2006 em Ilhéus, na Bahia.

E se na ocasião deu Bruno Galini no quintal de casa, hoje, dois anos depois, o alto nível do circuito não pode apontar favoritos, mas o natalense John Max já avisou que em Julho vai uma semana antes da prova para Baia Formosa, cidade do conterrâneo Alan Johnes, que coincidentemente também registra uma ausência, a sua conseqüência de lesão na abertura do Brasil Tour, lesão essa que, a exemplo da sofrida pelo campeão Thiago de Souza, as performances mostram que estão superadas.

Prancha e patrocínio
O campeão Thiago de Souza não deixou de agradecer aos patrocinadores do Pena Surf Nordeste, a ANS, a seu patrocinador, a Greenish, ressaltando também ás boas pranchas que lhe garantiram na inédita perna de Nordestino segundo lugar e vitória, quase o mesmo reinado alcançado pelo paraibano Jano Belo também com pranchas Hennek, nas etapas do SuperSurf e Brasil Tour em Pernambuco.

Patrocínio e transmissão
O Pena Surf Nordeste, terceira etapa do Nordestino Profissional 2008, contou comm patrocínio da Pena, cobertura oficial da Sportv, revista Beach Show e do www.cearasurf.com.br, sendo realização da Associação Nordestina de Surf (ANS), Federação Alagoana de Surf (FALSurf) e Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP), com apoio Doceria Tantan, Governo do Estado e Prefeitura Municipal de Marechal Deodoro,

A transmissão disponível desde o início pela internet via rádio foi feita através do surfbyte.com.br e acessada no cearasurf.com.br, sendo mais uma novidade da prova que oferecendo vinte mil reais e preciosos pontos, foi bastante festejada pela comunidade do Surf em Alagtoas, terra dos marechais e de muito surf.

 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS