Outras Notícias

Veja os Comentários


22/09/2003-14:38:08
Notícias
 

Uma onda de assaltos e furtos tem assustado os surfistas que freqüentam a Prainha e Grumari, no Rio de Janeiro.

Assaltos à mão armada têm ocorrido com freqüência nestes locais logo pela manhã, quando a galera começa a chegar para checar as ondas. Aproveitando-se da distração dos surfistas e da praia vazia, os gatunos rendem a vítima e levam seu carro.

Assaltos dessa natureza já eram comuns em Grumari no fim de tarde, fazendo com que os surfistas evitassem esse pico neste horário. A novidade é que essas práticas estão se estendendo também à Prainha.

A ousadia dos ladrões alcançou níveis extremos. Aproveitando-se do fato das chaves serem guardados dentro dos quiosques na Prainha, um espertalhão simplesmente pegou uma dessas chaves e levou o carro, deixando o proprietário de prancha na mão.

Marcelo N., 21 anos, teve seu carro arrombado em Grumari em plena luz do dia num dia de semana. "Levaram todos os nossos pertences, menos as pranchas que estavam no carro, que podem ser facilmente reconhecidas, ao contrário das roupas de neoprene", afirma o surfista.

"A questão é de segurança pública", afirma Antonio Carlos "Neném", presidente da Associação de Surfistas e Amigos da Prainha (ASAP).

"Já comuniquei essas ocorrências diversas vezes ao Batalhão da Polícia Militar responsável pela região e recebo como resposta que eles não possuem contingente suficiente para um patrulhamento ostensivo nesses locais, principalmente nos horários de maior risco", conclui.

Cabe ressaltar que Neném é policial, o que dá maior credibilidade à sua afirmação. Portanto, muita atenção aos freqüentadores dessas praias, pois o problema de segurança pública no Rio de Janeiro já chegou à galera do surfe.
 

--> Inclua seu comentário <--


 


COMENTÁRIOS